perspectivas

Quinta-feira, 21 Maio 2020

Se fosse com o Sócrates, o José Pacheco Pereira já tinha feito um escândalo…

…mas como é com o Monhé da Geringonça, o Pacheco está caladinho que nem um rato!

suborno-merdia-web

Quinta-feira, 9 Abril 2020

Assino por baixo, e com as duas mãos !

Filed under: geringonça,monhé das cobras — O. Braga @ 7:39 pm
Tags:

“Manter o estado de emergência além do dia 15 é imoral e criminoso. O governo é imoral e criminoso.”

Imoral e criminoso

o-monhe-das-cobras-web

Domingo, 22 Dezembro 2019

O monhé Costa institui um prémio hinduísta …

Filed under: A vida custa,Esta gente vota,Monhé Costa,monhé das cobras — O. Braga @ 1:16 pm

premio-gandhi-web

…e o comuna-ministro da inducação bate palmas…!


Imaginem agora, por pura hipótese académica, um prémio para a educação e cidadania inspirado em S. Francisco de Assiso santo católico que tratava os animais por “irmãos”:

«Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão vento, pelo ar
e pelas nuvens, pelo entardecer e por todo o tempo com
que dás sustento às tuas criaturas.

Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã, a mãe terra,
que nos sustenta e governa, produz frutos diversos, flores e ervas

Seria impensável, tal cenário !: teríamos, certamente, o comuna-ministro da inducação a demitir-se das suas funções — tal como o estaurofóbico ministro-maçon da saúde do governo de José Sócrates, António Correia de Campos, que se recusou entrar num hospital por causa de um crucifixo afixado em uma das paredes de entrada do edifício.

Porém, se o santo for monhé, já vale tudo!

o-monhe-das-cobras-web

Quinta-feira, 21 Novembro 2019

O socialismo é f*d*d* !

Filed under: Monhé Costa,monhé das cobras,socialismo — O. Braga @ 7:46 pm

Fonte

o-socialismo-e-fodido-web

Sábado, 16 Novembro 2019

Torna-se legítimo limpar o sebo ao monhé

Filed under: monhé das cobras — O. Braga @ 5:37 pm

« António Costa prepara o assalto final aos portugueses que ainda trabalham e produzem alguma coisa nesta chafarica: o orçamento de estado de 2020 englobará as rendas de imóveis e de capital (juros, acções, etc.) no IRS, de modo a aumentar os escalões de quem paga impostos e a agravar os que incidem já sobre esses rendimentos.»

O Assalto Final

monhe-das-cobras

%d bloggers like this: