perspectivas

Terça-feira, 25 Setembro 2018

As 5 características principais do Totalitarismo de Veludo que começamos a sentir em Portugal

1/ leis opacas de difícil entendimento, ou de interpretação ambígua e ambivalente, insuficientemente objectivas em relação às punições respectivas; politização da justiça;

2/ presença de comissários políticos que se infiltram em todos os níveis da sociedade, e intelectualmente pouco qualificados (por exemplo, alguns jornalistas — como Daniel Oliveira ou Fernanda Câncio — operam, na prática, como comissários políticos do Totalitarismo de Veludo);

3/ ética definida pelo estatuto da pessoa — por exemplo, o homem branco heterossexual e cristão é um alvo preferencial de perseguição política.

4/ medo da discussão pública de assuntos controversos mas fundamentais (a “espiral do silêncio”) — um medo difuso que atravessa a sociedade e impede o contraditório público e real.

5/ demonização da dissidência ideológica e política (“quem não é por mim, é contra mim”); o Totalitarismo de Veludo não só não admite dissidentes, mas também não faz prisioneiros: a dissidência é constantemente fabricada para alimentar a voragem do puritanismo ideológico.

Adenda (3 de Agosto de 2020):

 

“Em sectores como a investigação criminal são já evidentes os sinais de que dificilmente se aceitará que as investigações não confirmem as teses dos activistas que funcionam como milícias mediáticas da esquerda radical, veja-se como o homicídio de Bruno Candé foi logo definido como racismo e, se por acaso a investigação não confirmar essa certeza antecipada, já se sabe que alguém vai ter o seu nome escrito nos jornais.

A geringonça, imagem com o seu quê infantil de estrutura desajeitada, é na verdade uma trituradora cada vez mais pesada das vontades e competências.”

Helena Matos


(more…)

Quarta-feira, 15 Setembro 2021

O vestido da Alexandria Ocasional-Cortex na gala do MET(E)

vestido da aoc web

Os “Spins” do comissário político Daniel Oliveira

Chama-se a isto um “spin”. O Daniel Oliveira, enquanto um dos mais activos comissários políticos do Totalitarismo de Veludo, é especialista em “spins”:

spin daniel oliveira web

Vamo-nos habituando aos “spins” do Daniel Oliveira — por exemplo quando ele escreveu que o Bloco de Esquerda e o Partido Comunista são partidos social-democratas, na medida em que (alegadamente) “têm programas social-democratas clássicos” (!).

daniel-oliveira-be-pcp-web

Não me admiraria nada que, na opinião do Daniel Oliveira, a culpa da saída vergonhosa dos Estados Unidos do Afeganistão fosse atribuída a Donald Trump.


Hannah Arendt lies web

“Se a elite política mente sistematicamente, a consequência não é a de que passas a acreditar nas mentiras, mas, em vez disso, ninguém já acredita seja no que for.

E isto porque as mentiras sistemáticas, por sua própria natureza, sofrem constantes mutações; e uma elite mentirosa tem que reescrever a História constantemente.

E se o cidadão já não acredita no discurso político das elites, não pode ter opinião — fica destituído não só da sua capacidade de acção, mas também da sua capacidade de pensar e ajuizar. E, com um povo nestas condições, a elite pode fazer o que quiser.”

→ Hannah Arendt, em entrevista ao escritor francês Roger Errera (1974)

Segunda-feira, 13 Setembro 2021

¿De onde nos chegou a palavra “safardana”?

Filed under: vacinas — O. Braga @ 8:39 pm
Tags:

Pelo menos aqui, no norte de Portugal, é vulgar o ápodo desagradável de “safardana” (porém, é preciso ter muito cuidado com os “crimes públicos” outorgados pelo Ministério Público).

Safardana” sofreu uma evolução semântica, a partir de “sefardita” — da mesma forma que “madraço” (que significa preguiçoso, ocioso, vadio) refere-se a alguém que frequenta (ou frequentou) uma Madrassa (um madraçal islâmico, ou mesmo até o ISCTE).

judiar

Já começou o ajuste de contas, com um eventual novo tribunal de Nuremberga para os políticos covideiros

Filed under: vacinas — O. Braga @ 7:52 pm
Tags:

“Rapport Herland : L’Inde poursuit le scientifique de l’OMS Soumya Swaminathan : L’Inde est à l’avant-garde pour ce qui est de demander des comptes à l’OMS. L’Indian Bar Association (IBA) poursuit désormais le Dr Soumya Swaminathan, scientifique en chef de l’OMS.”

L’Inde accuse la scientifique de l’OMS Soumya Swaminathan de meurtre de masse : Le début de la responsabilisation

A Índia acusa a “cientista” da OMS (Organização Mundial de Saúde), Soumya Swaminathan, de assassínio em massa.

Quem se mete com o Partido Socialista, leva!

Filed under: Partido Socialista,Totalitarismo de Veludo — O. Braga @ 7:22 pm

É assim que se manifesta a tolerância repressiva do Totalitarismo de Veludo.

cime publico ps web


Pode ser que o Ferro “se ferre”. Nunca se sabe… “a tudo se chega enquanto a vida dura”, e tudo dura enquanto a morte não chega…

Regra para uma vida boa

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 3:07 pm

carlin web

Domingo, 12 Setembro 2021

A imprensa peruana e a morte do chefe do Sendero Luminoso

Filed under: A vida custa,marxismo — O. Braga @ 6:21 pm

É neste “tom” que a imprensa peruana celebra a morte de Abimael Guzmán, o chefe histórico do Sendero Luminoso e genocida inveterado.

Abimael Guzman

Já na imprensa portuguesa, por exemplo, o jornal Público (o jornal dos herdeiros de Belmiro de Azevedo) publica uma respeitosa notícia acerca da morte de um “revolucionário”.

Sábado, 11 Setembro 2021

A aliança entre Karl Marx e Maomé

Filed under: Alemanha,Esta gente vota,Islamismo,islamização — O. Braga @ 12:49 pm

O partido radical marxista alemão Die Linke utiliza cartazes em língua árabe para as próximas eleições legislativas no dia 26 de Setembro, na Alemanha.

Les bons esprits se rencontrent… é a aliança entre o Karl Marx e o Maomé.

die-linke-web

Que a terra lhe pese

Filed under: Esta gente vota — O. Braga @ 12:19 pm

Uma avantesma que fez da democracia aquilo que quis. Desrespeitou o voto do povo. Tivemos um radical marxista como presidente da república. Não me deixa nenhuma saudade.

sampaui-santana-web

Sexta-feira, 10 Setembro 2021

The Times They Are a-Changin’

Filed under: A vida custa,cultura antropológica,Esta gente vota — O. Braga @ 5:41 pm

The Times They Are a-Changin'

“Devemos confiar SEMPRE na ciência”

Filed under: A vida custa,Ciência,Rerum Natura — O. Braga @ 3:41 pm

confiar na ciencia web

Quinta-feira, 9 Setembro 2021

Um idiota chamado Francisco Camacho

Filed under: CHEGA — O. Braga @ 1:49 pm
Tags:

o idiota camacho webToda a gente sabe que o iberismo foi sempre (desde meados do século XIX) um ideário da Esquerda (por exemplo, Saramago), por um lado, e da maçonaria irregular, por outro lado — se bem que uma certa Esquerda, e a maçonaria irregular, justapõem-se.

Fernando Pessoa escreveu bastamente sobre o iberismo defendido também pelos revolucionários esquerdistas e maçons da 1ª república portuguesa.

E ¿não é que vem um idiota jornaleiro (de seu nome, Francisco Camacho) afirmar que o iberismo é defendido por aqueles a quem ele chama de “conservadores”?!

Salazar apoiou Franco na guerra civil espanhola — não porque Salazar fosse iberista, mas porque Franco combatia os iberistas da Esquerda espanhola.

Ora, pelas mesmas razões por que aquele avejão diz que o CHEGA é iberista ao aproximar-se do VOX espanhol, a avantesma irá dizer que o Salazar era iberista por se ter aproximado de Franco…

O comentário político anda muito fraquinho… e quando não têm argumentos contra o CHEGA, inventam-nos — e a tal ponto que até o Ministério Público, que deveria manter-se neutral do ponto de vista partidário, assume posições políticas públicas contra o partido CHEGA.

Página seguinte »

%d bloggers like this: