perspectivas

Terça-feira, 25 Setembro 2018

As 5 características principais do Totalitarismo de Veludo que começamos a sentir em Portugal

 

1/ leis opacas de difícil entendimento, ou de interpretação ambígua e ambivalente, insuficientemente objectivas em relação às punições respectivas; politização da justiça;

2/ presença de comissários políticos que se infiltram em todos os níveis da sociedade, e intelectualmente pouco qualificados (por exemplo, alguns jornalistas — como Daniel Oliveira ou Fernanda Câncio — operam, na prática, como comissários políticos do Totalitarismo de Veludo);

3/ ética definida pelo estatuto da pessoa — por exemplo, o homem branco heterossexual e cristão é um alvo preferencial de perseguição política.

4/ medo da discussão pública de assuntos controversos mas fundamentais (a “espiral do silêncio”) — um medo difuso que atravessa a sociedade e impede o contraditório público e real.

5/ demonização da dissidência ideológica e política (“quem não é por mim, é contra mim”); o Totalitarismo de Veludo não só não admite dissidentes, mas também não faz prisioneiros: a dissidência é constantemente fabricada para alimentar a voragem do puritanismo ideológico.

ANTONIO-COSTA-taxas-web

Anúncios

Quarta-feira, 24 Abril 2019

O grande erro da Conferência Episcopal Portuguesa: adaptar a doutrina católica às opiniões publicadas no FaceBook

 

A Conferência Episcopal Portuguesa pretende cativar a juventude através da banalização das Escrituras; mas a estratégia de marketing ideológico não irá certamente resultar: quem não é jovem não irá à missa por causa da vulgarização do discurso doutrinal; e quem é jovem não vai à igreja porque pode tratar Deus por “tu”. Eu, pelo menos, vou deixar de ir à missa católica se o Padre começar a tratar Deus por “meu cunhado” ou “tiozinho da aldeia”, ou coisa que o valha.

Nova tradução da Bíblia trata Deus por  tu  e altera orações como o Pai Nosso

Um absurdo, tudo isto. O clero continua um processo de deterioração hermenêutica e simbólica das Escrituras, fenómeno que já vem do Concílio do Vaticano II.

O clero progressista nunca decepciona quem é apreciador do ridículo — é este o clero que hoje absolve os pecados, em vez de absolver os pecadores.

Antes do Concílio do Vaticano II, os clérigos tontos (da espécie do Frei Bento Domingues) atacavam a Igreja — os mesmos tontos que hoje a reformam.

O progressismo católico é uma tentativa de adaptar a doutrina católica às opiniões publicadas no FaceBook, e a outras opiniões patrocinadas pelas agências de notícias e por agentes de publicidade.

A degradação do Cristianismo, da responsabilidade do clero, já não é somente ética: é sobretudo sociológica.

Marcelo Rebelo de Sousa é um relativista

 

O “problema” de Marcelo Rebelo de Sousa não é só a eventual “falta de coragem” (como escreveu a Helena Matos): Marcelo Rebelo de Sousa é um relativista (o “relativismo católico”, interpretado exemplarmente pelo papa-açorda Chico e por uma grande parte do clero português). O relativismo de Marcelo Rebelo de Sousa pode ser bem atestado através do seguinte vídeo que faz a sua (dele) caricatura:

 

 

Mas o relativismo pega-se: lembro-me de ler um texto (de Março de 2016) do católico João César das Neves acerca do papa-açorda Chicozinho, em que o citado economista católico defendia a tese segundo a qual o papa-açorda não seria socialista (ou não seria adepto do marxismo). O João César das Neves olha para a realidade e nega-a; ou então recusa-se a aceitar os factos objectivos acerca do papa Chicozinho. A negação da realidade é a condição de qualquer ideologia política.

 

Eu só posso julgar o Marcelo Rebelo de Sousa (ou o João César das Neves) por aquilo que é objectivo — a alegada “falta de coragem” de Marcelo Rebelo de Sousa é um juízo subjectivo, porque não tenho a certeza se o dito é corajoso ou não: o que me parece, de uma forma objectiva, é que Marcelo Rebelo de Sousa é um relativista (uma pessoa que julga que “a verdade é relativa”, e por isso detentor de um arquétipo mental a-científico).

Segunda-feira, 22 Abril 2019

A ética de Espinoza é logicamente absurda

Filed under: ética — O. Braga @ 4:31 pm
Tags: , ,

 

«É que, deve notar-se, em primeiro lugar, que é em virtude de um só e mesmo apetite que o homem se diz tanto agir como sofrer. Por exemplo, quando nós demonstramos que a natureza humana é constituída de tal maneira que cada um deseja que os outros vivam à sua maneira

(…)

Este apetite, num homem que não é conduzido pela Razão, é paixão, que se chama ambição e não difere muito do orgulho; e, ao contrário, num homem que vive segundo o ditame da Razão, é acção, ou seja, virtude, que se chama piedade»

Espinoza


Vemos, nas duas citações supra, como Espinoza faz uma crítica à Natureza Humana, e depois incorre no tipo de acção que ele próprio criticou anteriormente — por um lado, “cada um deseja que os outros vivam à sua maneira”; e, por outro lado, “quem vive segundo a minha perspectiva é virtuoso”.

A ética de Espinoza pretende recorrer à Lógica para fazer a crítica da Natureza Humana, mas acaba por incorrer no mesmo tipo de incoerência lógica que pretendia criticar. Ou seja, a ética de Espinoza é (intrinsecamente) absurda.

Isto não significa que a ética não deva ser racional; significa, em vez disso, que a ética não se pode reduzir à Razão (como pretendia Espinoza). O ser humano é uma espécie de “sistema aberto”, sobre o qual não é possível um juízo definitivo isento de contradições.

A redução da ética à Lógica (ou a redução da ética à ciência) reduz o ser humano a um determinismo que Espinoza invoca para exorcizar a Graçaao invocarmos a “causa e efeito”, afastamos o nosso medo e calamos a nossa culpa. Para poder abusar da sua liberdade, o puritano necessita adoptar uma doutrina determinista — o determinismo é a ideologia do puritanismo das perversões humanas.

O determinismo de Espinoza seria concebível se não existisse a sua própria noção.

O papa Chicozinho condenou o massacre em Ceilão, mas não falou nos atacantes

Filed under: papa Chico,papa-açorda — O. Braga @ 2:33 pm

 

“He actually talks about everything except the real problem. It’s probabably what’s left of Christendom’s fault for being triumphalistic and rigid.”

Pope Fails to Mention Perpetrators in Sri Lankan Attacks


papa-vergonha-web

A Esquerda odeia a palavra “Cristãos”

Filed under: Esquerda,esquerdalho,esquerdopatia — O. Braga @ 1:54 pm

O Islão é uma religião satânica

Filed under: Islamismo,islamização,Islamofascismo,islamofobismo,Islão — O. Braga @ 1:38 pm

 

A possibilidade de uma pessoa se auto-explodir diminui drasticamente quando ela come carne de porco.


« He wanted to maximize the carnage; his god promised Paradise for those who “kill and are killed” for him (Qur’an 9:111), so he might have thought he could increase the reward he would receive by killing as many people as possible.»

Sri Lanka: Jihad murderer Mohamed Azzam Mohamed blew himself up in busy Easter Sunday hotel buffet line

Quinta-feira, 18 Abril 2019

A estória da catedral de Notre Dame está muito mal contada pelos me®dia

Filed under: islamização,Islamofascismo,islamofobismo — O. Braga @ 7:16 pm
Tags:

Terça-feira, 16 Abril 2019

Fogo posto pelos Maome(r)das na catedral de Notre Dame em Paris (4)

Filed under: França,Islamismo,islamização,Islamofascismo,Macron — O. Braga @ 8:20 am

 

«France has seen a spate of attacks against Catholic churches since the start of the year, vandalism that has included arson and desecration.

Vandals have smashed statues, knocked down tabernacles, scattered or destroyed the Eucharist and torn down crosses, sparking fears of a rise in anti-Catholic sentiment in the country.

Last Sunday, the historic Church of St. Sulpice in Paris was set on fire just after midday mass on Sunday, Le Parisien reported, although no one was injured. Police are still investigating the attack, which firefighters have confidently attributed to arson.»

CATHOLIC CHURCHES ARE BEING DESECRATED ACROSS FRANCE—AND OFFICIALS DON’T KNOW WHY

Segunda-feira, 15 Abril 2019

Fogo posto pelos Maome(r)das na catedral de Notre Dame em Paris (3)

Filed under: Islamismo,islamização,Islamofascismo — O. Braga @ 9:05 pm
Tags:

Fogo posto pelos Maome(r)das na catedral de Notre Dame em Paris (2)

Filed under: Islamismo,islamização,Islamofascismo — O. Braga @ 8:59 pm
Tags: , , ,

Fogo posto pelos Maome(r)das na catedral de Notre Dame em Paris

Filed under: Islamismo,islamização,Islamofascismo — O. Braga @ 6:53 pm
Tags: , , ,

 

Depois do recente fogo posto na igreja de Saint Sulpice, em Paris: agora, os Maome(r)das imigrantes pegaram fogo à catedral de Notre Dame em Paris.

notre-dame-web

O Globalismo resumido em duas imagens

Filed under: França,Globalismo,Macron — O. Braga @ 6:38 pm

 

globalismo-macron-web

Página seguinte »

Site no WordPress.com.