perspectivas

Segunda-feira, 31 Janeiro 2011

A elite intelectual orgânica

Filed under: cultura,Política,Portugal,Sociedade — O. Braga @ 2:46 pm
Tags: , ,

Em Portugal, quando alguém lê uma opinião qualquer sobre um assunto qualquer, há sempre a tendência de se saber quem emitiu a opinião, antes mesmo de se fazer a análise da dita. Se a opinião é de alguém conhecido no mercado da política (que inclui o activismo político académico e/ou jornalístico), normalmente há duas posições a tomar: ou a submissão canina ao Diktat opinativo da elite, ou a rebelião elitista/revolucionária contra ela. À margem da discussão ficam sempre os intelectuais tradicionais, que de elitistas têm muito pouco.

Em Portugal não interessa saber se alguém tem razão ; interessa, antes mais nada, saber quem tem razão.

Agostinho da Silva disse “que os intelectuais têm sido, de uma forma geral, estrangeiros em Portugal”. Ele referia-se aos intelectuais tradicionais, e não aos intelectuais orgânicos que, de uma forma ou de outra, se encontram engajados na política.

Porém, o fenómeno não é só português. Karl Popper, para além de ter sido carpinteiro e canalizador na sua juventude, teve que sair da Áustria e acolher-se na Nova Zelândia, e depois em Inglaterra até à sua morte. E mesmo fora da sua terra natal, Karl Popper nunca conseguiu grande apoio por parte da política, porque a humildade do intelectual tradicional constitui-se sempre como um insulto à elite — ver o caso de Sócrates, o grego : a humildade intelectual de Sócrates foi o prolongamento cultural da humildade do povo da sua cidade.

No que diz respeito às relações entre as elites e o povo, podemos dizer que existem dois princípios que são verdadeiros porque foram comprovados pela História Moderna:

    1. Nem sempre a maioria (o povo) tem razão;

    2. Quase sempre as elites (a minoria) não têm razão.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: