perspectivas

Sexta-feira, 22 Fevereiro 2013

Os reaccionários e a ética metapolítica — para além da esquerda e da direita

Filed under: aborto,ética,cultura,Ut Edita — O. Braga @ 7:55 am

“O aborto é uma política absolutamente necessária aos partidos de esquerda. Estes não podem abrir mão deste múltiplo instrumento de controle populacional, de empregos, de seleção racial, de criminalidade e de eventuais dissidências. O socialismo é o regime que se caracteriza por controlar variáveis na saída dos processos, e não nas causas. Ilustrativamente, é o regime onde havendo dez cabeças e nove chapéus, opta preferencialmente por decepar uma cabeça. Ou duas ou três.”

via Mídia Sem Máscara – Marina Silva e Heloísa Helena como esquerdistas "pró-vida". Você vai acreditar?.

Infelizmente, a defesa da legalidade do aborto não é só socialista e/ou de esquerda. Ou pelo menos daquilo a que nós chamamos de “esquerda” ou de “direita”. A diferença fundamental entre aquilo a que chamamos “esquerda” e/ou “direita”, resume-se à questão da forma de intervenção do Estado na sociedade e na economia. Em quase tudo o resto, e principalmente no que diz respeito à ética ontológica (a ética do Ser), a esquerda e a direita estão de acordo.

O reaccionário não procura a glória imanente: em vez disso, procura a ética dos valores e a ordem metapolítica — aquela ordem que está para além da política de cada época ou de cada “espírito do tempo”.

Podemos dizer, então, que já não existe direita. Ou então, há quem diga que quem está contra a legalidade do aborto por ser ilegítimo, não é de direita: antes, é “reaccionário”. Ou seja, ser contra o aborto, hoje, parece ser a assunção de uma posição metapolítica, porque tanto a esquerda como a direita concordam com a legalidade do aborto: tanto a esquerda como a direita sancionam positivamente o aborto com o argumento radical da absoluta “autonomia do indivíduo”.

Portanto, ser reaccionário é cada vez mais, e de uma forma evidentemente objectiva, uma virtude — e isto se “ser reaccionário” significar, por exemplo, a defesa intransigente da vida humana — na medida em que o reaccionário defende valores que estão para além da política do “espírito do tempo”. Um reaccionário é hoje um visionário; é alguém que se situa para além da dinâmica intramundana, e é uma pessoa que apreende uma síntese substancial da História no seu Entendimento — porque o reaccionário sabe que uma sociedade sem um passado presente não tem futuro.

Na modernidade, e para além da esquerda e da direita, estão os reaccionários.

Os reaccionários não são uma elite. Pelo contrário, identificam-se com a tradição espiritual histórica do povo e, portanto, diluem-se nele. Em contraponto, a elite é a plêiade de auto-iluminados, de esquerda ou de direita, que detém o poder político através de um pacto perene de partilha de poder baseado no conceito absurdo de “Vontade Geral”. Como diz Nicolás Gómez Dávila, “os reaccionários recrutam-se entre os espectadores da primeira fila de uma revolução”.

Os reaccionários são a antítese lógica do conceito de elite que inclui também os “cépticos” (no sentido moderno) e os “cínicos” (no sentido grego). Os cépticos representam hoje o poder político fáctico que procura a glória imanente. E o cínico Antístenes, seminu e envolto no seu manto roto, dizia que Platão era um vaidoso e que se comportava como um cavalo que se pavoneia. E Sócrates, vendo que Antístenes exibia ostensivamente a parte mais degradada da sua capa, dizia-lhe: “Vejo, pelo teu manto, que procuras a glória” [Diógenes Laércio]. Os cínicos também fazem parte da elite porque procuram a glória imanente.

O reaccionário não procura a glória imanente: em vez disso, procura a ética dos valores e a ordem metapolítica — aquela ordem que está para além da política de cada época ou de cada “espírito do tempo”.

1 Comentário »

  1. […] uma das razões por que eu não me considero de “extrema-direita”, mas antes considero-me um “reaccionário” (não são […]

    Gostar

    Pingback por Eu não estou disposto a perder a minha liberdade individual | perspectivas — Quarta-feira, 25 Março 2020 @ 10:28 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: