perspectivas

Terça-feira, 9 Abril 2013

Passos Coelho entrou em derivas fracturantes

Filed under: Passos Coelho,Pernalonga,politicamente correcto — O. Braga @ 5:19 pm
Tags: ,

«O executivo quer acrescentar à actual lei “recusa ou condicionamento de venda, arrendamento ou subarrendamento de imóveis”»
Governo quer duplicar tecto máximo de multas por discriminação racial

Em desespero de causa, o governo de Passos Coelho e o grupo parlamentar do Partido Social Democrata parecem querer entrar nas questões fracturantes da cultura.

Não tarda nada que, para desviar as atenções do cidadão em relação à sua má governação, o governo de Passos Coelho crie uma lei da eutanásia nos hospitais públicos “a pedido do cliente”, e que legalize o “direito” da mulher a matar a sua cria já nascida. Nada mais eficiente do que as causas fracturantes para esconder a incompetência do governo.

Eu acho muito bem que se combata o racismo, mas há aqui um problema: eu não sou obrigado a vender, alugar ou subarrendar a minha propriedade imóvel a uma determinada pessoa só porque é branco, preto ou amarelo. O que vai acontecer, com esta lei, é uma data de queixas “porque ele não me alugou o apartamento porque sou chinês”.

Eu — como qualquer cidadão — tenho do direito de alugar o meu imóvel a quem quiser e a quem me der na real gana, e tenho mesmo o direito de escolher, entre os candidatos possíveis ao aluguer, quem me dê à partida mais garantias de que não vai escavacar o imóvel que é meu.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: