perspectivas

Domingo, 3 Abril 2011

Zita Seabra tem razão

As leis do aborto e do divórcio “na hora” são leis machistas. Os machos convenceram as mulas de que as ditas leis também servem os seus interesses, e de fora ficaram as crianças, os homens e as mulheres deste país. Estas leis revelam o machismo escondido da Esquerda, e a ideologia politicamente correcta transformou o mulismo na imagem espelhada do machismo.

Ambas as leis traduzem a aliança abstrusa entre a Esquerda marxista cultural (que inclui a Esquerda radical e a fabiana) e a Direita Neoliberal: “o inimigo do meu inimigo, meu amigo é”, é o lema. E o inimigo comum a ambas é a ética do humanismo cristão. Tanto a Esquerda (António Gramsci, Jerónimo de Sousa, Francisco Louçã, José Sócrates) como a plutocracia neoliberal (George Soros, Rockefeller, Bilderberg) escolheram a ética do humanismo cristão como alvo a abater; são aliados nesse desiderato.

As ditas leis precisam de revisão urgente.

===> Modernos e progressistas – por Zita Seabra

Domingo, 7 Fevereiro 2010

Um dia destes, vamos ter um “subsídio de coito” estatal para José Sócrates

« Esta ideologia “progressista”, “moderna”, que oscila entre banir as mulheres em nome da igualdade de género e remetê-las para o fim das listas eleitorais para fazer a quota, conduz direitinho a estes almoços de senhoras/meninas ministras e secretárias-de-estado ― e, como não chegam para compor a mesa, convidam-se outras para fazer o número e ficarem honradas com o convite.

(…)

Como escreve o João César das Neves, não há mesmo almoços grátis. »

― Zita Seabra, no JN de hoje

(more…)

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: