perspectivas

Sábado, 10 Março 2012

A Wikipédia é uma vergonha!

Em 2004 tive uma breve experiência como colaborador da Wikipédia, mas depois de ter sofrido a primeira censura em relação a factos concretos, desisti da empreitada. A Wikipédia é um antro de radicais esquerdistas.

A última censura de factos perpetrada pela Wikipédia diz respeito às relações pessoais muito próximas que existiram entre o professor da universidade de Harvard, Derrick Bell, e Barack Obama. Derrick Bell foi o professor negro que afirmou num programa de televisão que “eu vivo exclusivamente para chatear os brancos”. Derrick Bell foi um racista negro na linha de um outro amigo íntimo de Obama, o Reverendo Wright.

Recentemente foi publicado na imprensa um vídeo do tempo em que Obama era estudante [estudante aos 30 anos! Que rico estudante! Com jeitinho, acabava o curso aos 65 anos!], em que o actual presidente radical dos Estados Unidos fazia uma intervenção num comício estudantil ao lado do seu amigo professor Derrick Bell.

Pois bem: o verbete de Derrick Bell na Wikipédia é um campo de batalha ideológico; e os factos concretos e objectivos, esses, são mandados às malvas! — o verbete sofreu a censura do lápis azul radical esquerdista dos mentores da Wikipédia.

[ ficheiro em PDF do verbete da Wikipédia ]

Sexta-feira, 4 Março 2011

A origem histórica e cultural do Carnaval

Ao contrário do que está escrito aqui, não existia “Carnaval na antiguidade”. Aliás, o simples facto de a Wikipédia afirmar que existia “Carnaval na antiguidade” dá-nos uma ideia da qualidade duvidosa da informação contida naquele antro de marxistas. Não há nada que indique a existência do Carnaval antes de 1200 d.C. .
(more…)

Quarta-feira, 2 Março 2011

Acordo Ortográfico: podem enganar muita gente, mas não toda

Antes de mais, convém dizer que a esmagadora maioria dos mentores da Wikipédia em português é de nacionalidade brasileira; mas não é isso que eu quero colocar em causa aqui: não tenho nada contra o facto dessa maioria ser brasileira. O problema é outro.


(more…)

Sexta-feira, 4 Junho 2010

O lóbi gay brasileiro censura na Wikipédia

Rozângela Justino

Há muito tempo que não frequento o Wikipédia em português (só visito a Wikipédia de língua inglesa) porque se trata de um local mal frequentado. A Wikipédia em português — muito por influência política dos censores “revolucionários” brasileiros politicamente correctos e gayzistas — é um antro de sociopatas e esquerdistas.

A última da Wikipédia é a censura ao verbete da psicóloga brasileira Rozângela Alves Justino.

O verbete está para ser censurado pelos arautos brasileiros da liberdade e da tolerância que coordenam a Wikipédia em português. Caso o artigo seja censurado e retirado da rede, entretanto, mantenho aqui uma cópia do verbete em ficheiro PDF.

É uma vergonha que se censure em nome da liberdade! Vergonha, Brasil !!!

Terça-feira, 10 Março 2009

Wikipedia proíbe artigos que critiquem Obama

Filed under: Obamacrimes,politicamente correcto — O. Braga @ 3:16 pm
Tags: , , ,

A WND article reporting yesterday that Wikipedia had been scrubbing President Obama's biography of criticism has resulted in an “edit war” on the website in which a large number of users were barred from posting on key issues, including any mention of challenges to Obama's eligibility.

Ultimately, administrators at Wikipedia, the online “free encyclopedia” mega-site written and edited by its users, entirely locked Obama's page so that only top editors could make changes to the entry – and only if a change is supported by a consensus of editors.

via Eligibility issue sparks ‘edit war’.

Quinta-feira, 24 Julho 2008

Knol, by Google

Filed under: Google,internet — O. Braga @ 1:21 am
Tags: , ,

A concorrente da Wikipédia já “entrou no ar”, com a grande diferença de ser uma enciclopédia de autores, e não a confusão da Wikipedia que se presta a frequentes manipulações políticas. A Knol está aí.

Quinta-feira, 29 Maio 2008

Citação blogosférica


Pink Nazism

Memoriais : «Leio no Público que Berlim já tem um bonito memorial em homenagem aos gueis vítimas do nazismo. Uma coisa pós-moderna dentro da qual um vídeo passa repetidamente a imagem de dois homens osculando-se. Parece que está também prevista a construção de um outro memorial em lembrança dos ciganos. Com aquele enorme que já existia referente aos judeus e mais algum que se venha a fazer, Berlim é já uma referência em termos de memoriais. Não conheço a cidade, mas no meio de tantas construções destinadas à “preservação da memória”, alguém me pode informar se existe por lá alguma que recorde os berlinenses mortos pelos bombardeamentos anglo-americanos ou pelas hordas do exército vermelho? E, em caso afirmativo, qual a ruazinha onde se situa?»


Propaganda homo-erótica

Este texto recorda-me o “pink nazism” que foi erradicado da nossa memória histórica; e lembra-me um artigo que escrevi para a Wikipedia sobre este tema que foi censurado pelos agentes do politicamente correcto que controlam a “enciclopédia livre”.

Adenda: em relação ao live and let live (não agradeço o link) da escória marxista cultural, acontece como a ministra espanhola da “igualdade”, María Teresa Fernández de la Vega, que defende acerrimamente o live and let live, e depois fica horrorizada depois de ter sido fotografada ao lado de um empresário nigeriano polígamo. A merda do argumento do live and let live, pelos vistos, só serve para o que interessa e quando interessa, e depois fazem posts a tentarem fazer dos outros estúpidos. Querem enganar quem?

Adenda 2: pergunta um comentador: “por que diz que o cartaz é homoerótico?” Em primeiro lugar, notei que ele escreveu “homoerótico“, enquanto que eu escrevi “homo-erótico“, o que denota que o comentador não é ingénuo de todo — pelo contrário. Um “naïv” teria copiado o meu adjectivo hifenizado. Contudo, resolvi colocar aqui outra foto de propaganda homo-erótica nazi, a ver se o nosso comentador se esclarece.

Será que o comentador vê alguma analogia entre as duas fotos — ou preciso de lhe fazer um desenho?

Sábado, 16 Fevereiro 2008

Wikipedia benefecia empresa privada

Filed under: Wikipedia — O. Braga @ 8:04 pm
Tags:

A Wikipedia faz questão de salientar o seu carácter “livre” e “sem fins lucrativos”. Por isso, é aparentemente inexplicável que a Wikipedia tenha facilitado a propaganda comercial em relação a uma empresa privada pertencente a Jimmy Wales (Wikia), que por acaso é o fundador da Wikipedia e o gestor da dita “enciclopédia livre”.

Sexta-feira, 4 Janeiro 2008

Knol, by Google

Filed under: Wikipedia — O. Braga @ 9:05 pm
Tags: , ,

knol.jpg

O Google vai lançar a partir de 7 de Janeiro, uma enciclopédia on-line: a “Knol”. Esta enciclopédia difere da Wikipedia porque não haverá polícias e burocratas obsessivos-compulsivos a censurar tudo e todos, como existem na Wikipedia (e como acontece no país do Socas).

Todos os artigos serão classificados pelos outros autores, e não censurados. Através de uma classificação atribuída por todos os outros colaboradores, os leitores da Knol poderão aferir da qualidade atribuída aos artigos. Se alguém escrever um artigo que merece “nota zero” por parte dos outros colaboradores da Knol, esse artigo baixa de prioridade na busca, para além de aparecer estigmatizado à partida. Mas o mais importante é que não existirá censura burocrática na publicação, como acontece na Wikipedia politicamente correcta.

Domingo, 23 Dezembro 2007

Tratamento da obsessão compulsiva

Filed under: Wikipedia — O. Braga @ 8:58 am
Tags:

Sofres de obsessão compulsiva? Existe já um tratamento eficaz para a doença: não uses drogas, torna-te antes administrador da Wikipédia. Depois de uma sessão de algumas horas em que combates compulsivamente os “vândalos” e expulsas obsessivamente uns “usuários”, vais ver que te sentes melhor.

Solidão no Natal? Não te sintas deprimido: adere ao mundo da burocracia da administração da Wikipédia. Melhor do que a Wikipédia, só a burocracia da União Europeia, mas a esta não tens acesso tão fácil. E há sempre um otário que dá dinheiro para a Wikipédia, e aos otários dá sempre um prazer especial dar um pontapé burocrático no traseiro.

Tens a mania da perseguição? Wikipédia é a solução.

Canaliza as tuas sociopatias, sublima as tuas psicopatias. Não existe melhor terapia que pertencer à administração da Wikipédia: há sempre um vândalo a espreitar à esquina, e será teu lenitivo o combate incansável — 25 horas por dia — contra toda uma série de inimigos que te perseguem.

Consulta no psiquiatra? Para quê? Adere à Wikipédia

%d bloggers like this: