perspectivas

Quinta-feira, 31 Março 2011

A hipocrisia do FaceBook politicamente correcto

O FaceBook censurou a imagem aqui em baixo porque a considerou “pornográfica”. Acontece que a imagem fazia parte de um programa cultural que alertava para os perigos da promiscuidade no sexo oral, que é causa de cancro bucal através da propagação de doenças sexualmente transmissíveis, nomeadamente os HPV’s.

Tal como acontece em relação ao uso do preservativo, o politicamente correcto tem uma preocupação extrema em censurar tudo o que vá contra a promiscuidade sexual. Por exemplo, ficou bastamente demonstrado que o país de África com menos incidência da SIDA é o Uganda, exactamente devido a uma campanha cultural de abstinência sexual e apelo à monogamia.

Terça-feira, 1 Dezembro 2009

O Uganda não brinca em serviço

Filed under: cultura,Gayzismo — O. Braga @ 6:44 pm
Tags: , , , ,

O Uganda tem uma taxa de natalidade de 6,7 crianças por mulher e, mesmo assim, o parlamento ugandês vai fazer aprovar ainda este ano uma lei anti-gayzista com as seguintes características:

  • Um homossexual com SIDA (AIDS) que conscientemente a transmita a outrem, apanha pena de morte;
  • O acto homossexual (sem transmissão de SIDA) é punível com pena de prisão perpétua;
  • A propaganda gayzista é punível até sete (7) anos de prisão efectiva;
  • Se alguém souber ou testemunhar de um acto homossexual de alguém e não o participar à polícia em um prazo de 24 horas, apanha até três (3) anos de prisão efectiva.

Fonte

%d bloggers like this: