perspectivas

Quinta-feira, 27 Novembro 2008

A Teologia da Libertação e o Marxismo

Eu posso concordar com muita coisa neste texto, como por exemplo a crítica à Teologia da Libertação que se iniciou na Alemanha luterana ainda antes da II Guerra Mundial (ler Bonhoeffer).

Não vou agora falar da prova ontológica mas criticar a recusa, por parte da Teologia da Libertação, em abordar a questão de “Deus” quando até a ciência contemporânea (por exemplo, a Física Quântica, a Biologia Molecular, a Bioquímica, etc.) se preocupa com a explicação do Universo através da procura da “Causa-das-causas”.
(more…)

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: