perspectivas

Terça-feira, 2 Abril 2013

O abandono de Dias Ferreira do programa “Dia Seguinte” e o assalto do Benfica à comunicação social

Filed under: Futebol,me®dia — O. Braga @ 10:26 am
Tags: , , , , ,

O canal de televisão mais imparcial, em termos clubísticos, é hoje a TVI. Não digo que seja totalmente imparcial, mas é seguramente o mais imparcial. Na TVI, o Benfica tem os mesmos direitos que o Sporting ou o Porto — o que não acontece nem na RTP, nem na SIC, onde o Benfica tem um tratamento especial quando comparado com os dos outros dois clubes.

No caso da RTP, a influência do “benfiquista de Paredes” (Carlos Daniel) é evidente; só não vê quem não quer. Por exemplo, foi o “benfiquista de Paredes” que mexeu os cordelinhos para que João Gobern fosse recuperado da sua desgraça e transitasse de um programa da RTP para outro, e à custa de uma punhalada nas costas a Júlio Machado Vaz. O “benfiquista de Paredes” exige um “paineleiro” benfiquista mal-educado e agressivo — e Júlio Machado Vaz era muito educado.

Nos programas da RTP sobre futebol, todos os jornalistas ou pivôs são benfiquistas.

Uma situação idêntica passa-se na SIC e no programa “O Dia Seguinte”. Salta aos olhos que o pivô Paulo Garcia é um benfiquista “doente” que não consegue esconder, na pantalha, o seu clubismo. O tratamento que Paulo Garcia dá ao benfiquista Rui Gomes da Silva é manifestamente discriminatório em relação a Dias Ferreira e a Guilherme Aguiar. A Rui Gomes da Silva é-lhe permitido, por Paulo Garcia, ser mal educado e agressivo — o que já não é permitido aos outros dois intervenientes do programa.

O que estamos a ver todos é um assalto escandaloso do Benfica à comunicação social. Hoje, a RTP e a SIC são meras extensões do Canal Benfica. Os próprios debates são à partida enviesados, não só na forma como os temas são tratados, mas também na discriminação positiva de que os comentadores benfiquistas são objecto.

Não seria má ideia que Guilherme Aguiar secundasse Dias Ferreira e anunciasse o seu abandono do programa da SIC. “Dos fracos não reza a História”, e Dias Ferreira já fez história.

Terça-feira, 11 Dezembro 2012

Talvez o próximo treinador do FC Porto

Filed under: Futebol — O. Braga @ 12:08 pm
Tags: , , ,

vercauteren fcp web

Normalmente vamos buscar o “lixo” que o Sporting não quer: aconteceu, por exemplo, com João Moutinho e Varela. Os sportinguistas são muito esquisitos e cheios de panache; não lhes serve qualquer coisa.

Segunda-feira, 13 Fevereiro 2012

Sporting: Sá Pinto “minou” Domingos Paciência

Filed under: Futebol — O. Braga @ 8:57 pm
Tags: ,

Agora, o Sporting vai ter o treinador que merece: o treinador que vai andar à porrada no balneário com os jogadores, para garantir as vitórias que o clube necessita. Entretanto, são boas notícias para o F.C. Porto, porque podemos ter o Domingos a treinar o glorioso a partir da próxima época.

Domingo, 6 Março 2011

O Sporting Clube de Portugal é um “saco de gatos”

Filed under: Futebol — O. Braga @ 9:43 pm
Tags: ,

O Sporting Clube de Portugal surpreendeu-me com seis (6) candidaturas à sua presidência; dá a impressão de se tratar de um “clube civilizado” — segundo dizem os sportinguistas — mas com tantas divergências internas que estas acabam por ter um reflexo negativo na gestão do clube, qualquer que seja o presidente eleito.

A existência de, pelo menos, seis facções dentro de um clube torna-o ingovernável. Aqueles seis sportinguistas que alegadamente pretendem o melhor para o seu clube, deveriam juntar-se no sentido de apresentar somente duas grandes candidaturas. Espero que o que está a acontecer no SCP nunca venha a acontecer no meu clube.

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: