perspectivas

Domingo, 15 Maio 2016

Historicamente o comunismo (e o jacobinismo) não é russo: é ocidental!

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 11:30 am
Tags: , , , , ,

 

guerra-fria-oc
Algum discurso do Olavo de Carvalho é marcado por um certo desespero, o que eu compreendo porque também o sinto. Este desespero é produto da realidade concreta e do facto de que aquilo a que Olavo de Carvalho chama de “comunismo”, ter surgido na Europa Ocidental cristã — nomeadamente na Alemanha, em Inglaterra e em França — a partir do século XVIII. Esta é a verdade histórica insofismável.

Ou seja, a Rússia não foi o berço do comunismo. O berço do comunismo foi a Europa Ocidental.

As ideias embrionárias do comunismo — nomeadamente o jacobinismo — foram levadas para os Estados Unidos (e para o Brasil) em duas fases: a primeira com o apoio à independência dos Estados Unidos por parte da elite iluminista europeia, por um lado, e com o positivismo ideológico, por outro lado; e posteriormente através da transferência da Escola de Frankfurt (marxismo cultural) para os Estados Unidos com o advento do nazismo.

Segundo estatísticas credíveis, a Rússia tem hoje 78% de praticantes cristãos. Na Europa Ocidental, a percentagem de cristãos praticantes está muitíssimo longe dos números actuais da Rússia.

Ou seja, o comunismo permanece onde nasceu: na Europa Ocidental — depois de ter sido exportado para os Estados Unidos. O problema está na Europa Ocidental, e não na Rússia. O inimigo a combater é a Europa Ocidental. O nosso inimigo, enquanto europeus, encontra-se no nosso seio, como aliás atestam as múltiplas guerras internacionais e civis que aconteceram na Europa Ocidental desde a Revolução Francesa.

A Rússia voltou hoje a uma espécie de czarismo sem czar — e não ao comunismo (como defende Olavo de Carvalho). Não podemos saber o futuro, mas o possível retorno da Rússia ao comunismo só poderá ser feito à custa de muito derramamento de sangue, tendo em conta os tais 78% de cristãos praticantes na Rússia.

No tempo dos czares, a Rússia tinha uma polícia política interna formidável, e uma rede de espiões internacionais muito mais sofisticada do que a de muitos países da Europa Ocidental — a tal ponto que o próprio czar Pedro, O Grande, andou disfarçado e anónimo em Inglaterra a espiar a construção naval inglesa, informação essa que depois ele utilizou para desenvolver a construção naval bélica na Rússia. Nessa época ainda não havia comunismo na Rússia.

Ao contrário do que diz Olavo de Carvalho, a quantidade de espiões na Rússia não é característica do comunismo; tem uma tradição mais antiga que vem do tempo dos czares.

Em suma: historicamente, o comunismo (e o jacobinismo) não é russo: é Ocidental! Metam esta merda na cabeça!

Anúncios

Quarta-feira, 23 Março 2016

A actual posição dos Estados Unidos em relação à Europa

Filed under: Política — O. Braga @ 12:33 pm
Tags: , , ,

 

Conferência com George Friedman, em Fevereiro de 2016: “a União Europeia acabou”.

Quarta-feira, 2 Março 2016

O ataque ad Hominem a Vladimir Putin

 

Temos aqui um texto enviesado. Aliás, a “técnica” utilizada é comum: pega-se num texto escrito em uma língua estrangeira e apenas se trata uma parte dele; e quem não sabe inglês fica restringido a uma informação tratada parcialmente. Chama-se a isso sub-informação.

putin-obama

Vamos lá ver alguns argumentos do textículo brasileiro supracitado:

(more…)

Terça-feira, 1 Março 2016

A falsa dicotomia de Olavo de Carvalho em relação à Rússia

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 3:32 pm
Tags: , , ,

 

oc_putin


1/ Olavo de Carvalho identifica o povo russo, por um lado, com Putin, por outro lado.

Povo russo = Putin.

O povo russo (e a sua cultura) não existe sem Putin.

2/ quando se trata da Rússia ou de Putin, a acção política não é vista (por Olavo de Carvalho) em função das consequências que provoca. Desta forma, a acção de Putin é constituída por “promessas” que não se traduzem em resultados objectivos. A acção política de Putin é uma ilusão; não existe; são apenas “promessas”.

3/ Está implícita na ideia de Olavo de Carvalho, em uma falsa dicotomia, que a acção da política americana em relação ao Cristianismo no mundo, é real e positiva, apesar de Obama. Ou seja, parece que há alternativas cristãs a Obama, nos Estados Unidos.

Em suma: os valores cristãos na política russa são uma ilusão, e na política americana são reais. A inversão da realidade.

Segunda-feira, 29 Fevereiro 2016

Os russos ainda vivem à moda antiga

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 10:21 am
Tags:

 

Sexta-feira, 26 Fevereiro 2016

No que diz respeito aos Estados Unidos, Olavo de Carvalho é cego

 

oc_russia-isis

Vemos aqui um vídeo que verificamos os russos a atacar bases do I.S.I.S. na Síria. Aqui vemos outro vídeo de helicópteros russos atacando o I.S.I.S.

A pergunta é a seguinte: ¿vocês acreditam no que os vossos olhos vêem, ou acreditam no que diz o Olavo de Carvalho?

Aqui vemos Putin a explicar quem criou o I.S.I.S..

O Olavo de Carvalho encontra-se em dissonância cognitiva no que diz respeito aos Estados Unidos; está em estado de negação: não consegue aceitar a realidade. E a realidade é que a política dos Estados Unidos no Próximo Oriente é essencialmente a mesma desde o Bush-pai até Obama. E a eleição presidencial, seja de quem for, não irá alterar nada: a política americana vai por um caminho decadente e sem retorno, porque é controlada por uma dúzia de plutocratas.

Segunda-feira, 22 Fevereiro 2016

Putin contra Lenine

Filed under: Política — O. Braga @ 1:17 pm
Tags: , , , ,

 

Uma característica dos Cunservadores ocidentais é a de identificar Putin com o comunismo soviético.

No primeiro vídeo vemos Putin chamar de “traidor da pátria” a Lenine, porque durante a I Guerra Mundial os bolcheviques aliaram-se à Alemanha contra a Rússia. Por outro lado, Putin compara os bolcheviques com os actuais liberais (Esquerda) do ocidente e dos Estados Unidos: estes também são traidores das respectivas pátrias.

É de supôr que Putin terá um melhor relacionamento com Donald Trump como presidente dos Estados Unidos do que o que teve com Obama.

No segundo vídeo vemos Putin afirmar que 85% dos membros do primeiro governo da ex-URSS eram judeus, que reprimiram igualmente a expressão pública de qualquer religião na sociedade soviética. E Putin regozija-se com a queda dessa falsa ideologia.

Eu penso que a visão de Putin do seu país é a anterior à revolução russa. Não se trata de uma ucronia, mas da crítica de uma revolução baseada em falsas premissas.

Domingo, 24 Janeiro 2016

A cultura antropológica ocidental está inferiorizada

 

Vemos aqui em baixo duas fotografias: a primeira, a de uma paragem de transportes públicos na Rússia; e a segunda a de uma paragem em um país anglo-saxónico. Obviamente que ambas as imagens reflectem excepções: nem todas as paragens de “bus” são assim nesses países; mas as fotografias dão uma ideia das abissais diferenças culturais existentes entre o Ocidente, por um lado, e a Rússia, por outro lado.

paragem-na-russia-web

paragem-no ocidente-web

Racionalmente, é impossível defender a superioridade cultural do Ocidente. É esta uma das razões por que o Islão avança pela Europa adentro: o Ocidente perdeu autoridade moral.

Os Estados Unidos estão na frente do movimento de decadência ocidental. Por isso é que surgiu o fenómeno de Donald Trump, que é uma tentativa desesperada (e quase patética) de travar (sem sair do sistema político existente) o que parece ser inevitável: o desabar da cultura antropológica que sustenta o sistema político. A propriedade privada e as convicções religiosas começam a ser colocadas em causa nos Estados Unidos através do judicialismo que substitui a política:

13.000 dollars d’amende pour un couple de fermiers américains qui refuse d’accueillir un « mariage » homosexuel

Os Estados Unidos de Obama e comandita representam hoje a frente de Esquerda internacional.

Sábado, 9 Janeiro 2016

¿Ficará-lhe mal ou ficará-lhe bem? ¿Qu’lhe hão de fazer?

Filed under: Esta gente vota — O. Braga @ 11:28 am
Tags: , , , , , ,

 

Quem mais financia os movimentos de Esquerda, em todo o mundo, são os plutocratas americanos — desde Bill Gates a George Soros, passando pela Fundação Rockefeller. Trata-se de uma evidência!, não precisa de demonstração.

bilionaires-obama

Ou seja, os principais criminosos são de facto americanos, mas aqui preocupa-se com Putin e com a economia russa que está de rastos graças ao embargo americano e europeu.

Alegadamente, são os russos que apoiam financeiramente os movimentos mundiais de Esquerda; e esta posição não tem nada a ver com o apoio maniqueísta aos Estados Unidos contra a Rússia! Nada disso! (ilusão de óptica).

Domingo, 3 Janeiro 2016

EL ENIGMA RUSO, por Juan Manuel de Prada

Filed under: Política — O. Braga @ 5:39 pm
Tags: , , ,

 

(Artículo publicado en ABC el 2 de enero de 2016)


« Decía Churchill, ateo, masón y (lo que aún resulta más imperdonable) escritor ful, que “Rusia es un acertijo envuelto en un misterio dentro de un enigma”. Lo que en verdad resulta enigmático es que Churchill se convirtiese en ídolo de todos los conservadores y católicos zombis, que llevan setenta años dándonos la matraca hagiográfica con tan nefasto personaje; los mismos, más o menos, que llevan colgados de la brocha del anticomunismo para justificar su grotesca rusofobia.

Juan-Manuel-de-PradaChesterton ya nos advertía hace casi un siglo que quienes execran las calamidades remotas del comunismo son los mismos que nos distraen de las cercanas tropelías del capitalismo. Y, en efecto, el anticomunismo ha sido una especie de implante emocional entre la gente de derechas que, mientras el comunismo soviético se mantuvo en pie, sirvió al capitalismo para convertirnos en una colonia descristianizada; y todavía hoy, cuando el comunismo soviético lleva muerto más de dos décadas, sigue sirviendo a modo de espantajo paranoide para alimentar entre esta misma gente la rusofobia más rabiosa y truculenta.

Pero, como afirmar que el país que defiende los valores tradicionales y ha abierto más de veinticinco mil iglesias en las dos últimas décadas es comunista empieza a resultar, en verdad, un poco chusco, los corifeos del anticomunismo engatusan a la gente de derechas más sugestionable con la matraca de la antañona pertenencia de Putin al KGB.

Pero, acaso sin pretenderlo, el ateo, masón y escritor ful Winston Churchill tenía algo de razón cuando soltó aquella charada inepta. Rusia, en efecto, guarda en su alma un enigma precioso que los corifeos del anticomunismo han tratado de oscurecer a toda costa, logrando incluso que los católicos zombis (a la postre más atentos a la propaganda anticomunista yanqui que a los mensajes de la Cueva de Iria) se tragaran sus intoxicaciones.

Pruebas de que Rusia guarda un enigma precioso en su alma es que todos las gentes infectadas de odio teológico, lo mismo progres que liberales, la denostan con efusión de espumarajos; prueba de que Rusia guarda un enigma precioso en su alma es que todos los chiringuitos del mundialismo tratan de desprestigiarla del modo más burdo ante las masas cretinizadas (muy recientemente, por ejemplo, la hedionda Amnistía Internacional); prueba de que Rusia guarda un enigma precioso en su alma es que el enemigo histórico por antonomasia de la Cristiandad, el pérfido turco, no puede disimular su rabia y su encono contra ella; prueba de que Rusia guarda un enigma precioso en su alma es que ha logrado que muchas gentes, hasta ahora apuntadas al conservadurismo panoli y al catolicismo zombi, estén empezando a abrir sus ojos legañosos de anticomunismo con la intervención de Rusia en Siria.

Y es que la intervención de Rusia en Siria nos ha enseñado muchas cosas. Nos ha enseñado, por ejemplo, que la “alianza internacional” contra el Estado Islámico era un cuento chino; nos ha enseñado que las alimañas del Estado Islámico han sido armadas y sufragadas por el mundialismo; nos ha enseñado que Turquía es un Estado criminal que comercia con un petróleo amasado de sangre y sirve de refugio a los terroristas; y muchas más cosas que no me caben en el artículo.

En alguno de sus discursos, Putin afirmó que una gran potencia no debe serlo sólo desde un punto de vista político o militar, sino también moral y espiritual. Ojalá Rusia sea fiel a este desiderátum y logre alumbrar al mundo el enigma que custodia en su alma; pues, si se conforma con la línea de “pragmatismo” que ciertos sectores de enemigos infiltrados tratan de inspirar en Putin, Rusia terminará siendo una colonia más del mundialismo. »


Terça-feira, 24 Novembro 2015

A NATO e os Estados Unidos de Obama apoiam o Estado Islâmico

Filed under: Política — O. Braga @ 12:37 pm
Tags: , , ,

 

A política americana de Obama em relação ao califado islâmico (Estado Islâmico) — e, por conseguinte, a política da NATO — é ambígua. A Turquia abateu um avião russo na fronteira entre a Síria e a Turquia.

Mesmo que seja verdade que o avião russo estivesse nos limites da fronteira entre a Síria e a Turquia, o abate do avião russo é claramente uma manifestação política da NATO de apoio ao Estado Islâmico.

Terça-feira, 6 Outubro 2015

Vladimir Putin é o político mais lúcido da actualidade internacional

Filed under: Globalismo,Política — O. Braga @ 11:17 am
Tags: , , ,

 

“Russia has just achieved, in 72 hours, what the West failed to do in an entire year.”

ISIS ON THE RUN: Russian Airstrikes Totally Obliterate Terrorist Forces in Just 72 Hours

putin-obama
A Rússia conseguiu em 72 horas o que os Estados Unidos de Obama não conseguiram em um ano inteiro: os terroristas do Daesh estão em debandada. Isto significa o seguinte: os Estados Unidos não querem resolver o problema do terrorismo islâmico: pelo contrário, os Estados Unidos incentivam o terrorismo islâmico desde que seja fora das suas fronteiras (em política, o que parece, é!).

E depois temos o politicamente correcto de Direita que diz que a Rússia ainda é a União Soviética e que o KGB existe e anda à solta.

obama putin web

“Russia has brought in a new that has already gained massive support and acceptance within the Russian realm: pedophiles will be castrated. Here is a video on this whole new development that we should all be supporting”.

Russia Brings In New Law: Pedophiles Will Be Castrated

Putin corta o mal dos pedófilos pela raiz: castração. Um nova lei na Rússia impõe a castração dos pedófilos condenados em tribunal. Remédio santo! Ainda vou ver a Direita politicamente correcta lamentar “a triste sina dos coitados dos pedófilos russos”…

barack doente putin web

Página seguinte »

Create a free website or blog at WordPress.com.