perspectivas

Quarta-feira, 3 Outubro 2012

Sobre o dualismo de Descartes

Filed under: filosofia — O. Braga @ 9:11 am
Tags: , ,

“Antes de mais , é evidente que o processo de dúvida metódica evolui sob a supervisão da faculdade racional. Contudo, Descartes afirma que “rejeita” como falsos todos os raciocínios que antes tinha tomado por demonstrações.

Ora, não parece lógico limitar a rejeição unicamente aos próprios raciocínios. Os raciocínios não aparecem sozinhos e são, pelo contrário, o produto da razão humana. E, se os raciocínios foram erróneos, isso é por que o seu emissor, a razão, não pode ser considerada como uma instância absolutamente fiável. Mas, nesse caso, como poderemos confiar nela para o resto do processo?”

via Nadando contra a Maré… Vermelha: "A dúvida de Descartes".

1/ Eu penso que o “problema de Descartes” não é Descartes, mas em vez disso é o uso que os que vieram depois dele fizeram das suas ideias. Naturalmente que podemos criticar a visão determinística do mundo objectivo preconizada por Descartes, mas temos que situar essa visão na sua época própria; e o que já não se pode justificar é que, por exemplo, Richard Dawkins pense ainda hoje como Descartes no que diz respeito ao determinismo do mundo objectivo.
(more…)

Anúncios

Sexta-feira, 26 Junho 2009

A verdade de Descartes

Filed under: filosofia,Religare — O. Braga @ 6:44 pm
Tags: , , ,
René Descartes

René Descartes

Kant considerou um escândalo que não existisse uma prova da existência do mundo exterior ao sujeito pensante. Verificamos que não é possível provar racionalmente a existência de um mundo exterior, independente do ser humano ― e por isso é que a teoria das ciências modernas, nomeadamente a mecânica quântica, parte do princípio de que esse mundo exterior independente só pode ter o estatuto lógico de uma hipótese. Karl Popper, defendendo a sua dama, afirmou: “o mundo exterior é uma hipótese de trabalho para a ciência da natureza”.

Quando a mecânica quântica coloca literalmente em causa a consubstancialidade do mundo macroscópico exterior ao sujeito, não só corrobora Descartes como corrobora, até certo ponto, George Berkeley e o seu Imaterialismo.
(more…)

Sexta-feira, 5 Setembro 2008

O Deus de Descartes (1)

Filed under: filosofia,Religare — O. Braga @ 6:59 pm
Tags: , , , , ,

Considero Descartes ― a par com Leibniz e Kant ― uma das mentes mais brilhantes da filosofia post-cristã, contando todos os filósofos do século 19 e 20 (talvez possamos também incluir Wittgenstein no rol).

Bertrand Russell escreveu sobre Descartes:

“René Descartes (1596 – 1650) é considerado o fundador da filosofia moderna, e penso que com razão.” ― (História da Filosofia Moderna).

(more…)

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: