perspectivas

Sexta-feira, 1 Novembro 2013

Novembro

Filed under: Geral — O. Braga @ 5:06 pm
Tags:

Novembro apagou nas buganvílias
seus nomes brancos, roxos, escarlates.
É mais difícil regressar a casa:
o caminho disfarçou, emudeceu
seu rosto nos muros e nas grades.
— Por onde seguiremos
sem que o Outono espesso nos trespasse?

(José Bento)
Um Sossegado Silêncio
Porto, Edições Asa, 2002

novembro web

Quinta-feira, 3 Junho 2010

Encontro com a literatura eslovena

Filed under: cultura,poesia — O. Braga @ 8:06 am
Tags: , , ,

O poeta e escritor Casimiro de Brito apresentou ontem, em Vila Nova de Gaia, um colóquio dedicado à literatura eslovena, patrocinado pela câmara municipal, e com o apoio do Leitorado de Língua e Cultura Eslovena da FLUL. A sala do auditório do remodelado Arquivo Municipal (antigo tribunal de Gaia) estava bem composta, mas poderia eventualmente estar completa se eventos destes tivessem uma divulgação, digamos, mais abrangente.
(more…)

Quarta-feira, 30 Setembro 2009

A coerência da incoerência

Filed under: filosofia — O. Braga @ 12:59 am
Tags: ,

Mesmo a incoerência tem que ter algo de coerente ― e excluímos aqui a incoerência que é fruto da irracionalidade ou da mentecapcia ― , da mesma forma que a negação do ser se baseia na sua afirmação primordial; só se pode negar aquilo que existe, mesmo que aquilo que existe e que negamos, seja, alegadamente e na nossa opinião, pura subjectividade nossa e/ou dos outros.

Portanto, para sermos racionalmente incoerentes connosco e /ou com o mundo, precisamos de um fio de coerência para podermos manter a nossa incoerência, porque se essa “incoerência coerente” nos faltar, não somos livres.
(more…)

Sexta-feira, 26 Setembro 2008

“Não sou paciente”

Filed under: Blogosfera,poesia — O. Braga @ 6:19 pm
Tags: ,

Não sou paciente eu só finjo
que tenho paciência.
Aprendi a abrandar marés contando lentas
inspirações expirações alternadas completas,
aprendi a dormir com a chuva a lavar os telhados.
Mas em dias
como o de hoje era capaz
de te arrancar os olhos e fazer com eles dois anéis
para usar como punhais
entalados no cinto da saia.

Nocturno Com Gatos (poesia de autora).

Sábado, 23 Agosto 2008

Ora Vejamos…

Filed under: cultura — O. Braga @ 5:59 pm
Tags: , ,

Por compromissos pessoais inadiáveis, não pude estar presente. Fica assinalada uma óptima iniciativa.

%d bloggers like this: