perspectivas

Sábado, 24 Janeiro 2015

¿Eutanásia passiva?

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 5:55 pm
Tags:

 

Paulo Macedo diz que 700 mortos nas urgências “nada tem de assustador”.

paulo_macedo_500-web

Sexta-feira, 7 Novembro 2014

O mercado dos ministros da república também é “internacional”

Filed under: Passos Coelho — O. Braga @ 5:10 pm
Tags:

 

“O ministro da Saúde considerou hoje natural a saída de médicos de família para países como a França, onde os ordenados rondam os 15 mil euros mensais, uma vez que o mercado de trabalho é internacional.”Mercado de trabalho dos médicos ‘é internacional’

paulo-macedo-kodachrome-web

Sábado, 24 Maio 2014

A degradação dos serviços de saúde em Portugal

Filed under: A vida custa,Política,Portugal — O. Braga @ 9:20 am
Tags:

 

“Homem com 87 anos ficou à espera oito horas e meia por atendimento na Unidade Hospitalar de Portimão. A filha, stressada e desesperada, conseguiu evitar o pior.

A Unidade Hospitalar de Portimão do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio foi palco de um insólito de saúde que podia ter consequências muito mais graves do que aquelas que teve.

Rosário Viana, a filha do visado, contou no Facebook que o seu pai, de 87 anos, tinha ficado oito horas e meia no dia 6 de Maio no Hospital de Portimão à espera de ser atendido com uma forte dor no peito.”

Homem com forte dor no peito espera oito horas e meia para ser atendido em hospital público


Já adoptamos o Acordo Ortográfico que mais não é do que a expressão escrita de uma das muitas línguas faladas no Brasil. Agora só falta copiar o Brasil em tudo o resto.

paulo_macedo_500-web

Sexta-feira, 2 Maio 2014

My dear Portuguese: I’ll make You an offer You can’t refuse

Filed under: Passos Coelho — O. Braga @ 12:05 pm
Tags:

 

paulo-macedo-web

“Um homem de 39 anos morreu no Centro Hospitalar das Caldas da Rainha depois de ter sido transportado para a unidade numa ambulância dos bombeiros, por a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) estar parada por falta de médico.

A vítima, adianta o Diário de Notícias, estava com hemorragias e a entrar em paragem cardio-respiratória quando a mulher, enfermeira no mesmo centro hospitalar, contactou o 112. Porém, na segunda-feira, à hora a que foi feita a chamada, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) acabou por enviar uma ambulância dos bombeiros porque a VMER estava parada por não haver médico. Foi a própria enfermeira a iniciar as manobras de reanimação do marido.”

Doente morre no hospital após falha na viatura médica de socorro

Quinta-feira, 1 Maio 2014

Paulo Macedo: I will make an offer You can’t refuse!

Filed under: Passos Coelho — O. Braga @ 9:48 am
Tags:

 

“A mãe de uma criança de quatro anos, de Castelo Branco, acusou, esta quarta-feira, o Hospital Pediátrico de Coimbra de ter cancelado uma cirurgia programada por falta de material clínico, depois de aquela ter sido submetida a uma anestesia geral.”

–> Mãe acusa hospital de Coimbra de cancelar cirurgia a criança

paulo-macedo-x400-web

Segunda-feira, 3 Fevereiro 2014

I’ll make you an offer You can’t refuse!

Filed under: A vida custa,Esta gente vota — O. Braga @ 9:07 pm
Tags:

 

“Hugo Sarmento saiu de Chaves cerca das 06h00, depois de três horas de espera, fez cerca de 400 quilómetros até Torres Novas de ambulância onde, depois de pedido médico dado o agravamento do seu estado de saúde, seguiu até Lisboa no helicóptero de Coimbra.”

* Vítima de acidente em Chaves só encontrou vaga em hospital de Lisboa

 

paulo_macedo_500_web

Sábado, 3 Agosto 2013

I’ll make you an offer You can’t refuse!

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 1:24 pm
Tags: , ,

« O Tribunal de Contas afirma que o Ministério da Saúde reduziu a assistência à população servida pelo Hospital de Cascais por falta de orçamento. As “restrições orçamentais” estão descritas no mesmo relatório que no início da semana revelou que a gestão privada de hospitais públicos irá sair mais cara do que o Governo previa.

Os cortes foram feitos no número de actos contratados ao hospital para 2012 e atingiram o internamento, as consultas subsequentes e as sessões de hospital de dia. A auditoria salienta ainda a existência de uma redução na produção orçamentada pelo Estado, face a 2011, nas primeiras consultas e nos episódios de Urgência. »

paulo_macedo_500-web.jpg

Quarta-feira, 24 Abril 2013

I’ll make him an offer he can’t refuse

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 8:20 pm
Tags:

“As unidades do Serviço Nacional de Saúde só podem adquirir dispositivos médicos, equipamentos hospitalares de pequeno porte ou consumíveis como umas simples luvas, suturas, pensos ou desinfectantes se os preços unitários forem, pelo menos, 15% inferiores aos cobrados em 2012.

As novas regras entraram em vigor nesta quarta-feira e surgem num despacho do Ministério da Saúde publicado terça-feira em Diário da República.”

Unidades de saúde obrigadas a poupar 15% em pensos e outros consumíveis

 

paulo macedo 2 web

Terça-feira, 26 Fevereiro 2013

I’m gonna make him an offer he can’t refuse…(Part III)

“O Ministro da Saúde admitiu hoje que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) pode acabar. Paulo Macedo diz que só com cortes orçamentais é que a sobrevivência é possível.”

via Ministro da Saúde admite que SNS pode acabar – SIC Notícias.

paulo macedo web

Sexta-feira, 22 Fevereiro 2013

I’m gonna make him an offer he can’t refuse…(Part II)

Filed under: A vida custa,Coelhismo,Passos Coelho,Pernalonga — O. Braga @ 9:57 am
Tags:

“Aspirinas e paracetamol, pensos, luvas, compressas esterilizadas, pinças, tesouras, papel para as marquesas ou para limpar as mãos são exemplos de produtos que faltam nos centros de saúde, segundo os sindicatos dos enfermeiros. O Ministério da Saúde afirma desconhecer queixas das unidades que resultem da falta de materiais ou medicamentos.”

via Já falta quase tudo nos centros de saúde – Exclusivo CM – Correio da Manhã.

paulo-macedo2 web

Quinta-feira, 21 Fevereiro 2013

I’m gonna make him an offer he can’t refuse…

Filed under: A vida custa,Coelhismo,Passos Coelho,Pernalonga — O. Braga @ 7:16 pm
Tags:

Há cerca de duas semanas que Paulo Jorge Marques, doente oncológico, não recebe a medicação que devia no Hospital de Braga. Por causa de “ruptura no fornecimento”, confirma a unidade hospitalar.

via Doentes com cancro estão sem remédios há quinze dias no Hospital de Braga – JN.

paulo macedo kodachrome web

Segunda-feira, 21 Janeiro 2013

Paulo Macedo quer doentes a fazer hemodiálise em casa para “cortar custos”

“O Governo quer que os doentes passem a fazer a diálise em casa, fora dos hospitais, como forma de reduzir os custos, sobretudo em transportes, noticia esta segunda-feira o Diário de Notícias (DN), que adianta que os doentes vão ter formação com médicos e enfermeiros para poderem fazer os tratamentos nas suas residências.”

via Noticias ao Minuto – Governo quer doentes a fazer hemodiálise em casa para cortar custos.

paulo macedo kodachrome web

Página seguinte »

%d bloggers like this: