perspectivas

Segunda-feira, 31 Maio 2010

O delírio interpretativo e a sociopatia de Vital Moreira

« Ilude-se quem atribui consequências políticas à zanga da direita radical com Cavaco Silva por causa da promulgação da lei do casamento das pessoas do mesmo sexo (a que aliás não poderia fugir).

Na hora de decidir, a direita não entrega as cartas. Como é evidente, as eleições presidenciais (e as outras) ganham-se ao centro, e é aí que o actual inquilino de Belém conta ganhar vantagem, podendo mesmo dar-se ao luxo de alienar os lunáticos da direita ultramontana. »


Deste texto de Vital Moreira, podemos retirar algumas ideias-base :

  1. Quem é contra o “casamento” gay é da “direita ultramontana”;
  2. Quem é contra o “casamento” gay é “lunático”;
  3. As eleições ganham-se ao centro, mesmo que esse “centro” esteja politicamente chegado ao Bloco de Esquerda;
  4. Um “centro” que esteja mais perto do CDS do que do Bloco de Esquerda, é um “centro da direita ultramontana”.

(more…)

Sábado, 28 Novembro 2009

O feminismo, os padrões da beleza e o paradigma do pederasta

O feminismo ― como toda a manifestação da mente revolucionária ― é uma doença mental no sentido clínico estrito. Trata-se daquilo a que o psiquiatra francês Paul Sérieux chamou de “delírio de interpretação”. Senão reparem neste texto:
(more…)

%d bloggers like this: