perspectivas

Quinta-feira, 5 Setembro 2019

O Arcebispo Jorge Ortiga e o seu marxismo encapotado

Filed under: Igreja Católica,papa Chico — O. Braga @ 9:53 pm
Tags:

obs ort

“O amor à pobreza é cristão, mas a adulação da pobreza é uma mera técnica de recrutamento eleitoral.

O diabo elege, a cada século, um demónio diferente para tentar a Igreja Católica. O actual é singularmente subtil: a angústia da Igreja Católica perante a miséria das multidões obscurece a sua consciência de Deus.

O diálogo entre os comunistas e os católicos tornou-se possível desde que os comunistas falsificam Marx e os católicos deturpam Cristo.

Sobre o campanário da igreja moderna, o clero progressista, em vez de uma cruz, coloca um cata-vento”.

Nicolás Gómez Dávila

Sexta-feira, 18 Janeiro 2019

Nicolás Gómez Dávila e o liberalismo

Filed under: A vida custa,liberalismo,liberdade — O. Braga @ 4:49 pm
Tags:

 

ngd-liberal-quatro-web

Nicolás Gómez Dávila e as virtudes humanas

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 4:32 pm
Tags:

 

 

ngd-virtudes-web

Domingo, 1 Dezembro 2013

Nicolás Gómez Dávila refuta Hegel em 112 palavras

 

“A negação dialéctica não existe entre realidades, mas apenas entre definições. A síntese em que a relação se resolve não é um estado real, mas apenas verbal. O propósito do discurso move o processo dialéctico, e a sua arbitrariedade assegura o seu êxito.

Sendo possível, com efeito, definir qualquer coisa como contrária a outra coisa qualquer; sendo também possível abstrair um atributo qualquer de uma coisa para a opôr a outros atributos seus, ou a atributos igualmente abstractos de outra coisa; sendo possível, enfim, contrapôr, no tempo, toda a coisa a si mesma — a dialéctica é o mais engenhoso instrumento para extrair da realidade o esquema que tínhamos previamente escondido nela.”

— Nicolás Gómez Dávila

Sexta-feira, 29 Novembro 2013

Liberdade, igualdade, fraternidade

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 10:18 am
Tags:

 

“LIBERTÉ, égalité, fraternité.
O programa democrático cumpre-se em três etapas: etapa liberal: que fundou a sociedade burguesa, sobre cuja índole nos remetemos aos socialistas; etapa igualitária: que funda a sociedade soviética, sobre cuja índole nos remetemos à nova esquerda; etapa fraternal: que é o prelúdio dos drogados que copulam em montões colectivos.”

— Nicolás Gómez Dávila

Terça-feira, 26 Novembro 2013

A vida e pensamento do paganismo laicista

 

 

« O católico deve simplificar a sua vida e complicar o seu pensamento »
— Nicolás Gómez Dávila

 

O novo paganismo laicista procede de forma oposta: complica a vida dos cidadãos e simplifica o seu pensamento.

Domingo, 24 Novembro 2013

Originalidade (2)

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 6:56 am
Tags:

Originalidade (1)

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 6:54 am
Tags:

Quarta-feira, 1 Junho 2011

Duas citações

“O indivíduo que se deixou corromper ao ponto de entregar-se a esse exercício de mendacidade psicótica com a boa consciência de estar servindo a uma causa humanitária está longe de poder ser atingido, na sua alma, por exortações morais, apelos à “liberdade de religião”, queixas formuladas em linguagem de debate académico pó-de-arroz ou mesmo argumentações racionais maravilhosamente fundamentadas.

Só uma coisa pode inibi-lo: o temor da humilhação pública, que, nas almas dos farsantes e hipócritas, é sempre exacerbado e, às vezes, o seu único ponto sensível.

Nicolas Gomez Dávila resumiu esta ideia de Olavo de Carvalho da seguinte forma:

“El tonto no se inquieta cuando le dicen que sus ideas son falsas, sino cuando le sugieren que pasaron de moda.”

%d bloggers like this: