perspectivas

Terça-feira, 19 Outubro 2010

O mito e o tabu gayzistas (2)

O grande problema da narrativa do Tuga é o facto de normalmente ser difusa; normalmente temos a tendência para as introduções gerais que depois dão em nada. Mas vou tentar dissecar este texto de uma tal Palmira Silva, que são sei quem é exactamente, nem me interessa saber.

O princípio do argumento crítico parece ser este: a maioria dos católicos diz-se católica quando não conhece as bases doutrinárias/teológicas que sustentam a sua religião.
(more…)

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: