perspectivas

Segunda-feira, 4 Fevereiro 2013

David Hume e o milagre

“Dado que uma experiência uniforme equivale a uma prova, que é uma prova directa e completa, produzida pela natureza do facto, contra a existência de qualquer milagre, nenhuma semelhante prova pode ser destruída ou o milagre só pode tornar-se credível por meio de uma prova oposta e que seja superior.”
— David Hume, “Investigações sobre o Entendimento Humano”

Não vamos refutar este preconceito negativo de David Hume por intermédio da teologia (o que seria possível por alguém que não eu, porque não sou teólogo), mas antes vamos refutá-lo utilizando a ciência.
(more…)

Anúncios

Quinta-feira, 27 Dezembro 2012

O milagre e canonização católica

A propósito de um programa de televisão acerca da Rainha Santa Isabel, ouvi e vi um tal Manuel Vilas-Boas afirmar que “a Igreja Católica terá que rever o critério do milagre como sendo essencial à canonização”.
(more…)

Sexta-feira, 18 Maio 2012

Aconteceu um milagre em Espanha: e qual a possível reacção dos naturalistas e da Esquerda?

“La “posible gracia” obrada por el Siervo de Dios Vicente Garrido Pastor corresponde a una curación “inexplicable” de una madre de familia, de Albacete, a quien le fue diagnosticado en 2003 un “adenocarcinoma de endometrio, estadio IVB, por afectación metastásica en cadera derecha” con una esperanza de vida de 10 meses, según han indicado hoy a la agencia AVAN fuentes de la delegación.”

via ¿Milagro en Valencia? – ReL.

Perante uma cura de uma metástase com ramificações terminais, o que dirão os cientistas naturalistas?

“Provavelmente trata-se de uma cura natural. A ciência ainda não consegue explicar o fenómeno, mas nós, naturalistas, estamos convencidos de que, por exemplo, daqui a dois milhões de anos a ciência será capaz de explicar o fenómeno, assim como conseguiu já explicar como a vida surgiu da matéria inerte. É uma questão de tempo até que a ciência explique estes fenómenos.

Os milagres não existem. Só os ignorantes, como por exemplo, o Orlando Braga, acreditam em milagres.”

O que diria a Esquerda deste fenómeno?

“Trata-se de puro acaso. Se calhar, a mulher espanhola comeu alfaces estragadas misturadas com favas fritas, e a reacção química decorrente dos dois vegetais foi a causa da cura da mulher. Por isso é que nós somos contra as touradas e somos vegetarianos, porque temos aqui a demonstração evidente e claríssima de que os vegetais, mesmo estragados, fazem bem à saúde.

Só os fascistas, como o Orlando Braga, acreditam em milagres. ”

Segunda-feira, 14 Maio 2012

O primarismo do realismo ingénuo da Esquerda

Filed under: cultura,filosofia,Religare,Ut Edita — O. Braga @ 6:45 am
Tags: , , , , ,

Uma críticas da Esquerda ao fenómeno de Fátima é o alegado “primarismo das promessas” que implicam o milagre. Mas será que a Esquerda tem um pensamento científico? A ideia segundo a qual a Esquerda possui um raciocínio científico, é falsa. Acreditar exclusivamente naquilo que se vê não é ser detentor de um raciocínio científico: antes, é “realismo ingénuo”, ou seja, é ser estúpido.
(more…)

Segunda-feira, 9 Maio 2011

A manifestação do sagrado e os softwares do nosso cérebro (1)

Este vídeo, gravado por um popular na Costa do Marfim, revela uma manifestação do sagrado. Naturalmente que, para uma parte dos europeus actuais, a revelação do vídeo é incompreensível, porque existe hoje a ideia de que a “realidade para nós” coincide totalmente com a “realidade em si”. E essa “realidade para nós” (que alegadamente e segundo a cultura politicamente correcta actual, coincide totalmente com a “realidade em si”) foi moldada por uma cultura indelevelmente marcada pelo Positivismo.

Uma grande parte dos cidadãos da Europa actual foi programada (educada) para pensar que as leis da natureza possuem uma necessidade coerciva, não permitindo qualquer excepção. Existem mesmo professores das ciências da natureza que estão absolutamente convencidos desta necessidade coerciva e exclusivista das leis natureza. Por isso, reconheço a excepcionalidade do professor Carlos Fiolhais quando, num artigo publicado recentemente no Público (salvo erro), escreveu, preto no branco, que as leis da natureza não são, por princípio, infalíveis; isto, vindo de alguém ligado à ciência, é verdadeiramente notável, mas a verdade é que ele traduziu apenas o consenso alargado existente entre a comunidade dos cientistas físicos.

Esta “programação cultural” actual e positivista, este software científico-tecnológico, e que está na moda (é politicamente correcto), implica a existência de uma espécie de “programa de tratamento de dados cerebral” que trata os dados da “realidade” a partir do nosso cérebro.

Mas antes de falarmos deste e de outros tipos de software cerebral, vamos tentar saber o que é a “realidade”.
(more…)

Sábado, 30 Maio 2009

O milagre de Fátima

Filed under: Quântica,Religare — O. Braga @ 9:08 am
Tags: , , , , ,
Clique p/ aumentar

Clique p/ aumentar

O que se passou em Fátima em 1917, com a “dança do sol” testemunhada por milhares de pessoas, tratou-se de um fenomenal “salto quântico” operado à escala humana, e que só foi possível ter acontecido por acção de uma força de uma grandeza extraordinária.

Os “saltos quânticos” são vulgares e comuns no microcosmos, mas à escala humana prevalece o determinismo clássico definido no postal anterior. Os “efeitos de túnel” acontecem na quântica devido aos “saltos quânticos” dos objectos no microcosmos [por exemplo, quando um electrão em órbita em relação ao núcleo, “baixa” inopinadamente a sua órbita para uma mais próxima do núcleo, libertando assim energia e criando um “efeito de túnel”, ou quando o “efeito de túnel” é criado por dois protões perto do centro do nosso sol, quando estes se aproximam o suficiente um do outro para iniciar uma reacção nuclear].

Contudo, os físicos quânticos sabem e escrevem que o determinismo clássico é apenas aproximado. Se o sol nasce todos os dias é porque a construção material à escala humana segue o “caminho da acção mínima” [Feynman = “na natureza, o movimento no espaço através do tempo é de tal forma que a acção é minimizada”, isto é: S= ∫ T-V dt = mínima, em que S é a acção, T é a energia cinética, V é a energia potencial, e t é o tempo.]

A Terra roda à volta do sol de acordo com as leis de Kepler, de acordo com a dinâmica de Newton, mas também de acordo com a mecânica quântica.

Mas até os grandes objectos à nossa escala [em princípio] estão também sujeitos ao “efeito de túnel”. Se a gravidade do Sol impede a Terra de se afastar de uma determinada órbita, existe (em princípio) a possibilidade de o nosso planeta poder sofrer um “efeito de túnel” através de um “salto quântico”, e de repente mudar-se para a órbita de uma outra estrela do universo. Naturalmente que a probabilidade de que um salto quântico desta natureza ― e à nossa escala ― possa acontecer é muitíssimo pequena, mas a verdade é que o determinismo absoluto não existe nem mesmo à nossa escala, o que significa que os chamados “milagres” são perfeitamente possíveis. O que impede a Terra de se mudar para outro ponto do universo através de um efeito de túnel é a aplicação à nossa escala do princípio de Feynman do “caminho da acção mínima”.

Os milagres são fenómenos à nossa escala que desafiam o “caminho da acção mínima” por via de uma força de uma tal grandeza praticamente incomensurável que consegue provocar uma quebra do determinismo clássico e criar um “hiato” nas leis da Física clássica relativas ao espaço-tempo.

Por exemplo, a probabilidade de a “dança do sol” que ocorreu em Fátima em 1917 venha a acontecer novamente, é ínfima, mas essa possibilidade existe. O problema das pessoas que testemunharam o fenómeno é o de que outras imbuídas de um espírito científico clássico não acreditavam nelas, dizendo que o fenómeno de Fátima tinha sido uma alucinação colectiva e simultânea de milhares de pessoas. A mecânica quântica diz-nos que o que aconteceu em Fátima é perfeitamente possível. E a força descomunal que provocou o fenómeno quântico à nossa escala, só pode ter sido de origem divina; o que aconteceu à hora do meio-dia de 13 de Outubro de 1917 em Fátima, foi um milagre.


What is quantum tunneling?

http://www.youtube.com/watch?v=6LKjJT7gh9s

Create a free website or blog at WordPress.com.