perspectivas

Quarta-feira, 27 Janeiro 2021

Miguel Sousa Tavares humilhado por um emigrante

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 8:38 pm
Tags:

Quarta-feira, 16 Dezembro 2020

Na entrevista de Miguel Sousa Tavares a Ana Gomes

Filed under: Esta gente vota — O. Braga @ 9:52 pm
Tags: ,

ana gomes amigo pedofilo web

Sexta-feira, 19 Fevereiro 2010

A pesporrência de Miguel Sousa Tavares

Filed under: A vida custa,cultura — O. Braga @ 10:02 pm
Tags: ,

Miguel Sousa Tavares não tem que tratar os seus entrevistados por “você”. Eu percebo que muito convívio nocturno com actrizes de telenovelas acaba por se notar no tipo de discurso, mas o Dr. Fernando Nobre merece o respeito e o distanciamento no trato que acho que eu próprio merecia se estivesse no lugar dele.

“Você” faz parte de uma linguagem coloquial. Retirado deste contexto, “você é cavalariça”. Nem no Brasil, com o seu informalismo tradicional, um entrevistador na TV se dirigiria a um candidato à presidência da república usando o “você isto, você aquilo”.

Sexta-feira, 26 Setembro 2008

Sentimento anti-lisboeta

Filed under: Portugal — O. Braga @ 1:58 pm
Tags: , , , , ,

Quando me dizem que o Miguel Sousa Tavares é portista, sinto-me incomodado porque sei que ele de portista não tem nada: o MST é do contra, é intrinsecamente do reviralho, e portanto, deu-lhe para ser portista como lhe poderia ter dado para ser iberista ou para ser defensor do califado. Vivendo desde sempre na Lisboa do maniqueísmo sportinguista e benfiquista, o seu instinto de reviralho escolheu o portismo, mas isso aconteceu por mero acaso.

O MST defendeu na TVI a ideia de que a Via do Infante (que é uma SCUT) não deveria debitar portagens porque ele tem um poiso de veraneio no Algarve, mas que as SCUTS do norte litoral ― o Grande Porto tem um rendimento per capita de 58% do rendimento lisboeta ― já devem debitar portagens, até porque ele nem as conhece. Naturalmente que o MST é contra a regionalização do país, e é a favor do “casamento” gay ― mas (pasme-se!) já é contra a adopção de crianças por duplas de gays, como se o casamento não implicasse automaticamente a possibilidade de adopção de crianças.

Sempre que o MST abre a boca no jornal da TVI acontece algum atentado contra a Lógica, e o pior é que centenas de milhar de pessoas ouvem as incoerências sistemáticas desse senhor. E quanto mais gente como ele fala nos me®dia controlados pela indústria cultural da capital-do-Império-que-já-não-existe, mais cresce em mim um sentimento anti-lisboeta (e não estou só).

%d bloggers like this: