perspectivas

Terça-feira, 13 Agosto 2013

O Estado a que isto chegou…

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 4:24 pm
Tags:

Em Portugal, os impostos são tantos que os cidadãos ainda não morreram mas pagam já uma taxa de ocupação de subsolo. Já não vale a pena descontar para a reforma porque já não vai haver reforma: o que se tem de pagar agora é a taxa sepulcral…

Castelo de Marvão (Portugal)

Filed under: Fotografia,Portugal — O. Braga @ 11:04 am
Tags:
marvao-castelo-650-web.jpg

Castelo de Marvão

Imagem daqui.

Na Europa, até os peixes estão a ficar feministas

Filed under: curiosidades — O. Braga @ 8:03 am
Tags:

«Experts have warned Swedish men to keep their swimming trunks on if taking a dip in a sound off the country’s southern coast, after a South American fish known for attacking testicles was discovered in the area.»

Swedish men told to beware testicle-munching fish


«Foi detectado e capturado em Öresund, o estreito que separa a Suécia e a Dinamarca, um exemplar de pacu, um peixe também chamado de “morde testículos”.»

Peixe que ataca testículos detectado na Europa

peixe-feminista-500-web.jpg

O peixe ‘feminista’ que ataca os testículos

Quinta-feira, 13 Junho 2013

As Pessoas Atraídas por Menores

Camaradas!

As Pessoas Atraídas por Menores têm sido, ao longo de centenas de milhares de anos, vítimas de estereótipos patriarcais, de estigmas e do medo. Chegou a altura de fazer valer o progresso da humanidade e libertar as Pessoas Atraídas por Menores do jugo despótico da sociedade patriarcal.

As Pessoas Atraídas por Menores têm o direito à sua orientação sexual, tal como os homossexuais têm. A orientação sexual das Pessoas Atraídas por Menores não é diferente da orientação sexual dos homossexuais e/ou dos heterossexuais. O Bloco de Esquerda bate-se sempre, e em toda a parte, pelos direitos humanos dos indivíduos e, neste caso, pelo direito à orientação sexual das Pessoas Atraídas por Menores.

Os maiores cientistas do mundo e do universo inteiro, patrocinados pelo Bloco de Esquerda, reuniram-se recentemente para denunciar a moral patriarcal e fascista, e demonstraram cientificamente que a palavra “pedofilia” foi inventada já no tempo do paleolítico para negar o direito humano da orientação sexual das Pessoas Atraídas por Menores. Portanto, camaradas!, não devemos dizer “pedofilia”!, mas antes devemos dizer “Pessoas Atraídas por Menores”. A ciência já provou que quem utilizar a palavra “pedofilia” é fascista!

A APA (Associação Americana de Psicologia) já defendeu, em 1998, que a orientação sexual das Pessoas Atraídas por Menores não causa o mal nas crianças que os fascistas dizem que causa. Os fascistas e antidemocratas do partido republicano nos Estados Unidos tentaram que as Pessoas Atraídas por Menores deixassem de pertencer a uma orientação sexual específica, mas o nosso camarada Obama não concordou com essa proposta fascista, e por isso manteve o direito das Pessoas Atraídas por Menores a não ser discriminadas em função da sua orientação sexual.

Este ano, dois psicólogos canadianos — os maiores do mundo e do universo, a par com o nosso camarada Júlio Machado Vaz — declararam solenemente no parlamento canadiano que a orientação sexual das Pessoas Atraídas por Menores é tão normal quanto a homossexualidade, e, o que é talvez um pouco estranho, até quanto a heterossexualidade! E os deputados progressistas canadianos aplaudiram de pé.

As orientações sexuais das Pessoas Atraídas por Menores e dos homossexuais não podem ser mudadas porque são congénitas e genéticas. A única orientação sexual que pode ser mudada é a heterossexual porque é um produto de construções sociais e culturais.

Um professor da universidade do Hawai – o melhor e maior professor universitário do mundo, dos arredores e do universo! – afirmou que a pornografia infantil é boa para a sociedade, porque mantém entretidas as Pessoas Atraídas por Menores na sua dignidade. Camaradas!: como podem verificar cientificamente, nunca a ciência foi tão científica como é hoje!

As Pessoas Atraídas por Menores têm todo o direito à sua orientação sexual desde que as crianças dêem o seu consentimento. Se, por exemplo, uma criança de dois anos de idade der o seu consentimento, então não só uma Pessoa Atraída por Menores passa a ser feliz como essa criança também.

Camaradas! O que conta é o Amor!

É por amor, de uma pelo outro ou de um pela outra, que um casal de um homem e de uma mulher concorda em abortar. É por amor que um casal de homossexuais adopta uma criança e apaga a sua árvore genealógica. É por amor que uma Pessoa Atraída por Menores se interessa pelas crianças. Por isso, é tempo de acabar com os preconceitos e com a ignorância!

A luta continua! A vitória é certa!

Sábado, 8 Junho 2013

Cuidado com a polícia política dos Khmers Rosa de François Hollande !

Filed under: Homofobismo,politicamente correcto — O. Braga @ 9:03 pm
Tags: , , ,

policia-politica-de-françois-hollande-web.png

(respigado aqui)

Terça-feira, 21 Maio 2013

O Bloco de Esquerda nada tem contra as jumentas!

Filed under: Esta gente vota,politicamente correcto — O. Braga @ 7:16 am
Tags: ,

O trabalhador agrícola Carlos Romero, de 32 anos, que foi preso ao ser flagrado em uma “posição comprometedora” com a jumenta chamada “Doodle”, disse que a lei da Flórida que proíbe sexo com animais é inconstitucional.

Segundo o jornal “Ocala-Star Banner”, o advogado de Romero destacou que a legislação humilha o indivíduo, tornando sua conduta sexual privada um crime. — via : ‘Apaixonado por jumenta’ diz que lei que proíbe zoofilia é inconstitucional

Camaradas e camarados!

O Bloco de Esquerda nada tem contra a vida privada (e, no masculino, contro o vido privado) dos indivíduos e das indivíduas. O Bloco de Esquerda é a favor do progresso (e, no feminino, progressa) e da autonomia (e, no masculino, autonomio) dos cidadãos e cidadãs, no sentido da procura da sua felicidade (no masculino, felicidade).

A criminalização das orientações sexuais é uma herança cultural reaccionária da Igreja Católica e das forças políticas conservadoras. O exemplo do camponês Carlos Romero, uma vítima (um vítimo) da repressão fascista (faxisto) da Igreja Católica e dos seus acólitos reaccionários, impõe-nos a obrigação de lutar pelo Amor independentemente das orientações sexuais.

As leis fascistas que proíbem o Amor, independentemente das orientações sexuais, são humilhantes para os indivíduos e para as indivíduas. A humilhação dessas pessoas parte da Igreja Católica, que procura impedir a felicidade (masculino, felicidade) dos seres humanos e não-humanos — porque uma jumenta é um cão que é um gato que é um peixe que é uma baleia que é uma criança.

Camaradas! A conduta privada de um indivíduo e de uma indivídua não pode ser considerada um crime — salvo se o Bloco de Esquerda estiver no Poder e decidir o contrário. Mas se o Bloco de Esquerda estiver no Poder, não terá em conta o fascismo da Igreja Católica, e irá criar a instituição do casamento para todos, em que o pobre e infeliz camponês Carlos Romero, reprimido pelos tabus sexuais católicos, terá o direito à sua felicidade e ao Amor.

A luta continua! A vitória é certa! Conhecemos o futuro!

Quinta-feira, 2 Maio 2013

Camaradas do Bloco de Esquerda! Vamos proibir aos homens mijar de pé!

Camaradas!

Nas sociedades progressistas e avançadas, os homens vão ser proibidos de mijar de pé – porque um homem que mija de pé é um misógino e não tem respeito pelas mulheres. Por isso, é nossa obrigação, como progressistas, não só propor uma lei na assembleia da república que proíba os homens de mijar de pé (em casa como em qualquer sítio público), mas também criar um sistema de vigilância que detecte qualquer prevaricador que não mije sentado como as mulheres.

(more…)

Quarta-feira, 15 Setembro 2010

O politicamente correcto, os me®dia e o humor

« New York Republicans have nominated a man to sit at the top of their ticket who has a history of sending obscene and racist e-mails to his “friends.” At least one of these e-mails used the n-word. He shrugs it off and blames it on his own wacky sense of humor. This is just unbelievable. »

The Huffington Post

Esta notícia começa por chamar racista ao novo dirigente do partido republicano em Nova Iorque, para no segundo parágrafo dizer que “pelo menos utilizou em um dos seus emails a palavra N”. Antes de continuar a comentar esta notícia, chamo a atenção para esta outra:

« La ministra de Igualdad, Bibiana Aído, ha justificado este miércoles el vídeo de UGT, sobre la discriminación laboral de la mujer, apuntando que se trata de una “sátira”. »


(more…)

Quinta-feira, 10 Dezembro 2009

Salvem o planeta!

« (…) irão aparecer grupos de pressão dos adeptos do suicídio, chamados suicidiodependentes a exigir os mesmos direitos que os mortos, e a moda pega: ser progressista será ser pró-morte-precoce, irmãos, quanto mais cedo a pessoa se consciencializar que deve matar-se mais progressista será e então gera-se um movimento de solidariedade para com os coitadinhos dos suicidiodependentes, arranjam-se salas de «chuto» mas desta vez com «chutos» mesmo a sério e sem subterfúgios, irmãos. »

Ler o resto em “Salvem o Planeta!”

😆

Quinta-feira, 6 Agosto 2009

A maior sigla do mundo

Filed under: Geral — O. Braga @ 7:21 pm
Tags: ,

Camarad@s !

A coordenação nacional do nosso movimento decidiu alargar os nossos horizontes: nos anos 70 do século passado, começamos por adoptar a sigla LG (lésbicas e gays), mais tarde acrescentamos o BT (Bissexuais e Transgéneros ―> não; não é “Brigada de Trânsito”; quem nos dera, filh@s, quem nos dera…até assinávamos promissórias…), e chegou o momento de expandirmos a nossa sigla com as iniciais SM (Sado-masoquistas), e com NPB (Necrófilos, Pederastas e Bestiais).

Assim, temos presentemente a sigla LGBT-SM-NPB & XPTO.

Ademais, acrescentamos à nova sigla o XPTO que significa et caetera, e que assim mantém em aberto a progressiva e progressista revolução da diversidade sexual. Um dias destes, se Baal e a Associação Americana de Psiquiatria (APA) quiserem, poderemos acrescentar o conjunto de iniciais PAE (Pedófilos, Amputacionistas e Exibicionistas), ficando, depois e provisoriamente a sigla em

LGBTSMNPBPAE & XPTO

e sempre na vanguarda da revolução sexual.

A luta continua!
Abaixo o heterossexismo!
Viva a maior sigla do mundo!

J. Socas – PhD, PhD, PhD, PhD, PhD.
Secretário-geral na (in) clandestinidade

  • Engenheiro, licenciado em engenharia, PhD em Engenharia e engenheiro. Adicionalmente, engenheiro especializado em instalações aeroportuárias e construção civil na parvónia.
  • PhD em “Dialéctica da Semiótica Marxista Cultural” (Madrid – 1945)
  • PhD em “Naturalismo Profiláctico nas Relações Ibéricas” (Salamanca – de 11 de Agosto de 1935 a 30 de Fevereiro de 1911)
  • PhD em “Semântica da Fenomenologia do Estruturalismo Aplicado ao Diálogo Inter-cultural” (Constantinopla e Bagdad – 125 a.C.)
  • PhD em “Dinâmica do Misticismo Marxista na Relação com a Fé Neoliberal Hayekiana” – (Lisboa, UNI, com a preciosa colaboração de Estradas de Portugal SA, 2099)

Terça-feira, 5 Maio 2009

Esta está impagável! LOL

Filed under: Humor — O. Braga @ 4:51 pm
Tags: ,

É daquelas “curtinhas” e de que ninguém se lembra… 😆

Respigado aqui.

Terça-feira, 2 Dezembro 2008

Um exemplo por que não concordo com o Acordo Ortográfico

Filed under: acordo ortográfico — O. Braga @ 3:23 pm
Tags: ,

Na sequência do postal anterior, ressalto a diferença entre “filhos-de-puta” e “filhos de puta”. O Acordo Ortográfico, ao querer impôr a supressão do hífen na construção das nossas palavras, retira a força e a lógica à nossa língua.

“Filho-de-puta” é exclusivamente um sujeito substantivo ― como “João” é sujeito. “Filho de puta” (sem hífen) é, essencialmente, adjectivo. O primeiro é essência pura ― a “filha-da-putice” é inata e natural ― e o segundo é um atributo que pode ser esporádico e passageiro. Quando dizemos que alguém é um “filho de puta” ao proceder de determinada maneira, queremos dizer que essa é uma qualidade do indivíduo que é transitória e remissível, enquanto que um “filho-de-puta” só se modifica por fenómeno que desafie as leis da natureza.

Um “filho-de-puta” é aquele que é “filho de puta” todos os dias ― não é só uma característica de um acto isolado do sujeito em causa. (more…)

Página seguinte »

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: