perspectivas

Quarta-feira, 3 Outubro 2012

António Borges tinha razão acerca dos patrões portugueses

Filed under: A vida custa,cultura,economia,Portugal — O. Braga @ 4:02 am
Tags:

António Borges disse, em entrevista, que os empresários portugueses eram “ignorantes” (sic) porque não apoiaram a famigerada alteração da TSU, mas Borges estava errado: não na conclusão a que chegou, mas nos princípios e nos parâmetros que utilizou para chegar a essa conclusão. Ou seja: António Borges chegou a uma conclusão verdadeira utilizando premissas falsas.

Dou um exemplo do que quero dizer.
(more…)

Sexta-feira, 5 Fevereiro 2010

Exemplos da aplicação do neoliberalismo na gestão das empresas

« Há estágios para aprenderem essas técnicas. Posso contar, por exemplo, o caso de um estágio de formação em França em que, no início, cada um dos 15 participantes, todos eles quadros superiores, recebeu um gatinho. O estágio durou uma semana e, durante essa semana, cada participante tinha de tomar conta do seu gatinho.

Como é óbvio, as pessoas afeiçoaram-se ao seu gato, cada um falava do seu gato durante as reuniões, etc.. E, no fim do estágio, o director do estágio deu a todos a ordem de… matar o seu gato. »

“Um suicídio no trabalho é uma mensagem brutal” (Christophe Dejours)

(more…)

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: