perspectivas

Terça-feira, 2 Julho 2013

Mário Soares e o “mon ami Mitterrand”

François Mitterrand acusado de matar amigo a tiro em pleno Eliseu

“O alegado crime remonta ao ano de 1994, quando o então Presidente francês, François Mitterrand, estava em vias de concluir o seu segundo mandato naquelas funções.

Segundo a antiga espia americana, Aline Griffith, que viria a conquistar mais tarde o título de condessa por via de matrimónio, François de Groussouvre, cuja morte foi descrita como tendo sido um suicídio, foi afinal morto por Mitterrand.

Esta informação ter-lhe-á sido confirmada por um amigo dos serviços secretos alemães e só agora revelada neste artigo publicado ontem no El Mundo.

François de Groussouvre era conselheiro presidencial e padrinho de uma filha do à data Presidente gaulês, fruto de uma relação extraconjugal.

Saliente-se que o próprio comentava que “no Eliseu todos receiam o mau génio de Mitterrand”, que, não raras vezes, fazia ameaças aos seus colaboradores com uma arma em punho.”

Anúncios

Site no WordPress.com.