perspectivas

Sexta-feira, 2 Abril 2010

O desespero do materialismo

Desde meados dos anos 70 do século passado, mas acentuando-se sobremaneira de há vinte anos para cá, temos vindo a assistir a uma actividade militante por parte de personalidades neo-ateístas oriundas principalmente do mundo académico ― tipo Richard Dawkins, Christopher Hitchens, Daniel Dennett e Sam Harris, Peter Singer, etc. ― e apoiadas logística e financeiramente por um determinado tipo de elite plutocrata sem Pátria. Os neo-ateístas não se limitam a divorciar-se da religião relegando esta para a vida privada de cada um, como faziam os seus predecessores ateístas; o neo-ateísmo organizou-se ele próprio como uma forma de religião negativa que lançou uma espécie de Jihad contra as religiões positivas.
(more…)

%d bloggers like this: