perspectivas

Sexta-feira, 13 Janeiro 2012

O beco-sem-saída do naturalismo evolucionista

A nova moda do evolucionismo teorético defende a ideia segundo a qual o universo formou-se a partir do … Nada… ! 😆

Aparentemente, “Nada” é o nome que os evolucionistas naturalistas dão a Deus.

Se somarmos à genialidade abstrusa da tese de “uma coisa surgir do Nada”, o facto de a “grande ciência” actual defender a ideia de um “Multiverso a várias velocidades” [há hoje cientistas eminentes que acreditam cientificamente que existem milhões de universos paralelos que surgiram espontaneamente do Nada], chegamos à conclusão de que o evolucionismo já perdeu a guerra a favor da corrente científica do Desenho Inteligente — ou seja, o evolucionismo naturalista chegou já ao beco-sem-saída da defesa do absurdo.

Anúncios

Quarta-feira, 23 Novembro 2011

A ciência é hoje uma espécie de religião imanente

Filed under: Ciência,filosofia — O. Braga @ 6:51 am
Tags:

No fim de cada tentativa de fundamentação da realidade, surge apenas aquilo que foi introduzido no início.

A palavra Kosmos [cosmos] vem do grego e significa “harmonia”, em oposição ao Chaos [caos] e ao conceito de Ápeiron. Materialistas como, por exemplo, Richard Dawkins, ou naturalistas como Carl Sagan, transformaram o Kosmos original no Chaos contemporâneo. A palavra “cosmos” sofreu de facto uma evolução semântica: já não significa a harmonia do universo decorrente de uma cosmogonia com origem em um desígnio inteligente, mas passou a ser um caos aleatório sem uma origem necessária e sem razão de ser, sem princípio, valor, e finalidade.

(more…)

Domingo, 12 Dezembro 2010

O neodarwinismo, e a teoria das marés de Galileu

É conhecida a teoria das marés de Galileu, que se demonstrou errada porque ele baseou a teoria apenas no movimento de rotação da Terra, e propositadamente não tomou em consideração a influência da Lua no movimento das marés.

Galileu não colocou a hipótese da influência lunar no movimento das marés porque tinha um preconceito negativo — normal entre os físicos daquela época — em relação à astrologia.

Uma coisa algo parecida com essa (ressalvo as diferenças) acontece hoje com o repúdio apriorístico do Establishment científico em relação ao Desenho Inteligente, tal qual é proposto por cientistas “heréticos” como Michael Behe.

Tal como Galileu descartou a Lua na sua teoria das marés por ter feito uma associação ideológica pejorativa com astrologia, assim a ciência politicamente correcta descarta o Desenho Inteligente por a associar à religião.

Todavia, ainda me dizem que a humanidade — desde o tempo de Galileu — “evoluiu”.

(Votos de um bom Domingo)

Sábado, 11 Dezembro 2010

Michael Behe : o Desenho Inteligente é científico porque é falsificável


Sexta-feira, 10 Dezembro 2010

Entrevista ao bioquímico “herético” Michael Behe

Podem ouvir aqui (em inglês) uma entrevista dada a uma rádio inglesa por Michael Behe, o bioquímico herético, autor dos livros a “Caixa Negra de Darwin” e “Edge of Evolution” — este último, penso que ainda não traduzido em Portugal. A entrevista inclui um confronto com um outro bioquímico, Keith Fox, que segue a linha tradicional darwinista.

«Para as pessoas do século XIX, foi um choque quando descobriram, através das observações da ciência, que muitos aspectos do mundo biológico se deviam ao princípio elegante da selecção natural.

Para as pessoas do século XX, foi um choque quando descobriram, através das observações da ciência, que os mecanismos da vida não podem ser atribuídos à selecção natural e que, por isso, foram desenhados. Porém, devemos saber lidar com o nosso choque e prosseguir com as nossas vidas.»

— Michael Behe

Sábado, 15 Novembro 2008

“A Caixa Negra de Darwin” de Michael Behe

Passei pela FNAC e tive uma agradável surpresa: “A Caixa Negra de Darwin” de Michael Behe, nos escaparates. O livro que arrasa alicerces do darwinismo, em que Behe expõe, com consistência científica e numa linguagem ao alcance de todos, que só a teoria do “Desenho Inteligente” explica a complexidade da Natureza. Vinte Euros.

Quarta-feira, 28 Maio 2008

Primeiro livro sobre o Desenho Inteligente

Filed under: Religare — O. Braga @ 3:20 am
Tags: , ,

O primeiro livro sobre “Desenho Inteligente” – The Mystery of Life’s Origin – de Charles Thaxton, Walter Bradley, e Roger Olson (1984), prefaciado por Dean Kenyon, encontra-se esgotado há algum tempo.

Podem fazer o download da versão (língua inglesa) em PDF aqui. (70 Megas).

Notícia respigada aqui.

Create a free website or blog at WordPress.com.