perspectivas

Sábado, 13 Setembro 2008

Não vou dizer nomes!

Um advogado da zona do Grande Porto foi vítima de “carjacking”: tipos encapuchados, com arma apontada, “sai do carro já!”, etc..

O advogado faz queixa na PJ. De lá disseram-lhe para se dirigir a um determinado colega de profissão, sem mais explicações. O advogado lesado dirigiu-se ao colega e foi-lhe garantida a devolução do carro no dia seguinte, o que veio a acontecer.

E mais não digo.

Sábado, 23 Agosto 2008

O Socas nem imitar sabe!

Filed under: Portugal — O. Braga @ 11:31 pm
Tags: , ,

A Espanha não tem oficialmente controlo de fronteiras, mas tem-no na prática. Das muitas vezes que fui a Espanha de carro, aconteceu várias vezes ser controlado pela Guardia Civil a escassos quilómetros da entrada na fronteira com Portugal. Revistam tudo, abrem as malas, algumas vezes com cães, etc.. Uma das vezes esteve mesmo o exército espanhol a apoiar a Guardia Civil. Não existindo fronteiras, o controlo aleatório de circulação de pessoas e bens nas fronteiras, com entrada e saída em Espanha, é bem visível.

Não sei o que o governo português anda a fazer… A coisa para o Socas é simples: que imite o seu amigo “sapateiro”, porra! Pode ser que o que sempre escapa à vigilância nas fronteiras espanholas possa ser detectado nas fronteiras portuguesas.

%d bloggers like this: