perspectivas

Sexta-feira, 16 Julho 2010

O arcaísmo do ensino universitário português

« Toda ciência, mesmo a ciência do divino, é uma sublime história de detectives. Só que ela não está construída para detectar por que o Homem morre, mas antes para tentar descobrir por que o Homem vive. » — G K Chesterton

Vou falar sobre um livro de António Zilhão com o título “Do Círculo de Viena À Filosofia Analítica Contemporânea”, com edição em 2007. Confesso que não li o livro todo porque a sua leitura é um desafio à salubridade mental de qualquer ser humano normal e saudável. Em contraponto, aconselho a leitura deste postal que, em menos de mil palavras, reduz os pressupostos do livro de 350 páginas de António Zilhão ao absurdo. E os pressupostos de António Zilhão aparecem logo no início do livro, nomeadamente no capítulo II, em que o autor assume (sem o assumir explicitamente, mas as ideias não enganam) a validade do cientismo, em contraponto à ciência.
(more…)

%d bloggers like this: