perspectivas

Segunda-feira, 3 Junho 2019

Quem semeia ventos, colhe tempestades

Walter Lübcke foi o político “conservador” e de “direita” alemão que afirmou (várias vezes) nos me®dia que “os cidadãos alemães que não gostam da imigração islâmica em massa são livres de abandonar a Alemanha” (ver vídeo).

Walter Lübcke apareceu ontem, morto, no jardim da sua casa, com um balázio na tola.

Anúncios

Segunda-feira, 28 Janeiro 2019

Manif pacífica de patriotas alemães na cidade de Cottbus, na Alemanha

Filed under: imigração — O. Braga @ 6:18 pm
Tags:

 

Cidadãos patriotas alemães da pequena cidade de Cottbus manifestam-se pacificamente contra a violência dos imigrantes ilegais (os amigos da Angela Merkel) que já mataram várias raparigas, mulheres e homens.

 

Segunda-feira, 10 Dezembro 2018

O monhé defende em Marraquexe o enriquecimento cultural que nos traz a imigração

Filed under: Europa — O. Braga @ 4:25 pm
Tags: , , , ,

 

Hoje é o dia em que o monhé assina um pacto de imigração da ONU para o qual não foi mandatado pelo voto do povo português.

Esse monhé é da mesma opinião da Angela Merkel e outras luminárias da União Europeia (como, por exemplo, o psicopata Macron), segundo a qual “os imigrantes enriquecem a cultura dos povos da Europa”.

Vemos neste vídeo (abaixo) um exemplo de enriquecimento cultural da imigração na Alemanha: um amigo da Angela Merkel — um dos suspeitos do costume daquela seita religiosa anti-europeia protegida pela Esquerda — masturba-se atrás de uma jovem mulher que faz compras num mini-mercado.

Quarta-feira, 21 Dezembro 2016

A santidade laica do Soromenho

 

Viriato Soromenho Marques revela, neste texto, uma das características do chamado “intelectual de esquerda”: a recusa da auto-crítica e a dificuldade em lidar com os factos provenientes da realidade. Lenine dizia que “os factos são teimosos”; a “esquerda intelectual” actual acrescenta: “mas nós ainda somos mais teimosos que os factos”.

“Com uma sinistra ironia, o camião assassino veio de oeste, da Kantstrasse – a rua que celebra o filósofo da "paz perpétua" -, galgou o lancil e varreu quase uma centena de metros de passeio, onde estava instalado o mercado natalício, para estacar à beira da rua de Budapeste. Escassos segundos para tanto sofrimento. Foi um ataque à generosa hospitalidade alemã para com os refugiados, em 2015. Mas aquilo que o camião assassino quis esmagar, derramando o veneno do medo com fria premeditação, é a capacidade de os europeus transformarem 2017 no ano de reencontro com o seu futuro comum. Contra a inteligência da solidariedade, o terror quer empurrar-nos para o caos da discórdia.”

Soromenho: “O nosso futuro atacado em Berlim”.

Há no Soromenho uma espécie de aura de santidade laica que o (auto)coloca acima do comum dos mortais; e essa santidade laica do Soromenho escora-se na negação da natureza humana — assim como os santos da Igreja Católica desafiavam o pecado, intrínseco à Natureza Humana. A diferença, talvez, é a de que os santos da Igreja Católica dependiam de Deus, ao passo que a santidade laica do Soromenho depende do conceito deificado e prometaico de “Humanidade” hipostasiado nele próprio: a realidade do Soromenho reduz-se ao mundo sub-lunar delimitado pelos satélites artificiais.

Qualquer cidadão com dois dedos de testa (com bom senso) sabia que a importação, por parte da Europa, de milhões de muçulmanos, não seria uma boa ideia. Mas o santo Soromenho acredita em milagres — não nos milagres de Deus: mas antes acredita nos “milagres” das ciências e das engenharias sociais que caracterizam o eunuco espiritual e intelectual de esquerda.

Segunda-feira, 25 Julho 2016

As tensões aumentam na Alemanha.

Filed under: Europa — O. Braga @ 7:18 pm
Tags: , , , ,

 

 

As tensões aumentam na Alemanha. No funeral das vítimas do atentado de Sábado, os anormais dos muçulmanos gritaram “Alaú Vamos Ao Bar!”. E a reacção dos alemães não se fez esperar. Muitos dos muçulmanos que vivem na Europa terão que ser deportados; é uma questão de tempo. A convivência é impossível.

O enriquecimento cultural continua na Europa

 

Um sírio de 27 anos, a quem tinha sido negado o estatuto de refugiado e sofreria de problemas psiquiátricos, fez-se explodir nas imediações de um festival de música numa cidade da Baviera, naquele que é o terceiro ataque em apenas três semanas naquele estado no Sul da Alemanha. A explosão, que as autoridades estão a tratar como atentado, provocou 12 feridos, três dos quais em estado grave.”

É mais um louco por cerveja que gritou “Ali Há Um Bar!”; não tem nada a ver com o Islão nem com os refugiados. Nada de amálgamas e de confusões!

nonconfundir

Domingo, 24 Julho 2016

O enriquecimento cultural que nos traz a imigração islâmica

 

antistigma1“Un refugiado sirio solicitante de asilo en Alemania, de 21 años y con antecedentes policiales, mató este domingo con un machete a una mujer e hirió a otras dos personas en la ciudad de Reutlingen (suroeste del país), según informó la policía local en un comunicado”.

Detenido un refugiado sirio en Alemania tras matar con un machete a una mujer

É claro que não tem nada a ver com o Islão: nada de “amálgamas” e de confusões.

 

nonconfundir

Domingo, 27 Março 2016

Outra que saiu do armário

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 10:00 am
Tags: , , , ,

 

Frauke Petry foi educada no luteranismo evangélico e casou-se com o pastor evangélico Sven Petry, com quem teve quatro filhos. Em 2015, Frauke Petry separou-se do seu marido e estabeleceu uma ligação (sexual) com Marcus Pretzell, presidente da AfD na Renânia do Norte – Vestefália (fonte).

Frauke Petry-web

Domingo, 7 Fevereiro 2016

Este vídeo foi proibido na Alemanha

Filed under: Europa — O. Braga @ 9:55 am
Tags: , , ,

 

No vídeo vemos Angela Merkel a dançar (noutros tempos!), durante umas férias na Grécia.

Terça-feira, 26 Janeiro 2016

A Europa das milícias e sem polícia

Filed under: Europa — O. Braga @ 5:17 pm
Tags: , , , ,

 

À medida que a polícia cumpre ordens do Poder politicamente correcto e se afasta dos cidadãos (como está a acontecer também na Alemanha: ler artigo), os cidadãos franceses organizam-se na defesa da sociedade contra a acção ilegal e anti-social dos imigrantes.

Podemos ver neste vídeo em baixo, cidadãos franceses organizados a reprimir, em Paris, um assalto a uma loja, por parte de imigrantes.

Domingo, 24 Janeiro 2016

O Islão afia as garras na Alemanha

 

Lembram-se do Grupo Baader-Meinhof?

É verosímil que apareça na Europa e na Alemanha um grupo armado e clandestino de sinal contrário, ou seja, não só anti-esquerda como anti-islâmico — e isto porque as instituições políticas europeias, comandadas pelo politicamente correcto que impera nos Estados Unidos de Obama, se afastaram dos anseios dos povos europeus.

É provável que esse grupo armado e clandestino anti-esquerda e contra o politicamente correcto tenha o apoio tácito (indirecto) da Rússia de Putin.


“Germany needs to ban alcohol if it wants to prevent further sexual violence and to help North African migrants integrate into society, a Muslim pressure group has claimed.

Commenting on the Cologne sex-attack controversy, MuslimStern, which has 20,000 followers on Facebook, said its mission was to ‘highlight the way the media was using the incidents to promote racism against minorities’.

The group complained that the female victims had brought the unwanted attention to themselves by dressing in a manner that North African men were not accustomed to”.

Germans must ban ALCOHOL if they want to prevent further sex attacks and help North Africans integrate, says Muslim group

Um movimento político islâmico defende publicamente a ideia segundo a qual a única forma de evitar a violência islâmica na Alemanha é fazer com que os alemães sigam as regras do Islão.

Dada a indiferença da classe política europeia (maçónica) perante o que se está a passar, não me admira nada que comecem a surgir atentados organizados contra mesquitas e bairros islâmicos.

Sexta-feira, 8 Janeiro 2016

As feministas do blogue Jugular não comentam as violações de mulheres em Colónia

 

As feministas (e os “feministos”) do Jugular ficaram caladas em relação às agressões sexuais dos imigrantes islamitas na cidade alemã de Colónia.

Em baixo vemos um vídeo de violência sexual colectiva islâmica sobre uma mulher alemã.

 

Página seguinte »

Site no WordPress.com.