perspectivas

Quarta-feira, 2 Março 2022

Os amigos do Jair Bolsonaro

Filed under: Bolsonaro,Jair Bolsonaro — O. Braga @ 4:16 pm

os-amigos-do-bolsonaro-web

Faltam ali, na fotografia, o Nicolas Maduro, presidente da Venezuela, e o Miguel Díaz-Canel, presidente de Cuba. Com estes dois, o quadro dos amigos do Jair Bolsonaro fica completo.

Em política externa, a diferença entre Lula da Silva e Jair Bolsonaro é praticamente nenhuma.

Segunda-feira, 28 Fevereiro 2022

Olavo de Carvalho começa já a fazer muita falta ao Brasil

Nós não devemos criticar os Estados Unidos quando invadem outros países (por exemplo, GWB invadiu o Iraque, ou Obama que invadiu a Líbia), e simultaneamente apoiar a Rússia quando esta invade, por exemplo, a Ucrânia. Porém, é isto que uma certa Direita faz, nomeadamente uma certa Direita “bolsonarista” no Brasil.

bolsonaro russia web

Quando ouvimos os comentários de Bolsonaro em relação à invasão da Ucrânia por parte da Rússia, percebemos que ele não “se põe de fora” do apoio a Putin:

«In a news conference on Sunday, Brazil’s president Jair Bolsonaro mocked Ukrainian President Volodymyr Zelensky – saying his counterpart’s people had placed their hopes in the hands of a comedian.
Bolsonaro has refused to condemn Russia’s invasion and on Sunday said Brazil would stay "neutral" in the conflict, adding that Brazil and Russia are "practically brother nations”.
"We will not take sides, we will continue being neutral, and help with whatever is possible," Bolsonaro said. "A big part of Ukraine’s population speaks Russian."
He claimed he also held a two hour discussion with Putin on Sunday, but the country’s foreign ministry later clarified that he was referring to his visit to Moscow earlier this month.»

Por um lado, Bolsonaro diz que defende a neutralidade política em relação à invasão da Rússia; mas, por outro lado, Bolsonaro diz que “uma grande parte da população da Ucrânia fala russo” — o que é falso, porque 17% da população de etnia russa na Ucrânia não é “uma grande parte”: é uma minoria.

Na Ucrânia, é certo que cerca de 30% da população fala russo, mas destes 30%, apenas 56% têm o russo como língua nativa (são biologicamente russos) — o que reduz a etnia (biológica) russa da Ucrânia para 17% do total da população.

O argumento de Bolsonaro é (metaforicamente) o seguinte: “mais de 50% da população portuguesa fala inglês, e por isso é, no mínimo, defensável que os ingleses reclamem a posse do território português”.

Sem mais comentários acerca do argumentário de Bolsonaro!


Vejamos agora este comentário:

“A Pax Americana terminou efectivamente com a invasão da Ucrânia. Essa a enorme surpresa. Que o tenha surpreendido a si, a mim e a muitos mais é normal.

Certamente Putin meditou no assunto e nas sanções, nas que já sofre e nas que vai sofrer. Mas o mais importante é estarmos a assistir a uma nova relação de forças no mundo. A invasão da Ucrânia é apenas o princípio. Agora é estar atento ao que se vai seguir.”

Olavo de Carvalho falou-nos amiúde do conceito de Fé Metastática, de Eric Voegelin, que é característica do movimento revolucionário. A Fé Metastática é a crença de que é possível mudar a natureza fundamental da realidade, o que, segundo Eric Voegelin (in “Ordem e História”), não é possível.

Resumindo o conceito de Fé Metastática em uma noção que os portugueses entendem:

A Fé Metastática é sinónimo dos “amanhãs que cantam”.

“Os “amanhãs que cantam” (ou fé metastática) fazem transfigurar a percepção que os revolucionários (de Esquerda, e agora também de Direita) têm da estrutura da realidade, e produzem a crença em uma subsequente emergência de uma ordem superior à actual (ou mesmo uma ordem paradisíaca).

Ora, existe uma “Direita revolucionária” que apoia — claramente ou de forma ambígua — a instauração de um regime totalitário (ou, no mínimo, autoritarista) para “combater os males do mundo”; e Putin assume o papel messiânico de trazer ao mundo essa nova ordem mundial dos “amanhãs que cantam” — desta vez são os “amanhãs que cantam” da nova “Direita”, e não já da Esquerda marxista.

Naturalmente que uma “Direita revolucionária” não é Direita; é uma caricatura da Esquerda (por exemplo, o regime nazi).

Para Bolsonaro (e para esta Direita revolucionária que também temos em Portugal), a invasão de Putin à Ucrânia é o prenúncio dos “amanhãs que cantam” (a Fé Metastática) que vai retirar o Brasil, de uma forma automática e sem qualquer esforço, da situação de deficiência económica endémica em que vive: para Bolsonaro, a culpa da situação do Brasil não é interna!: pelo contrário, a culpa é dos outros países do mundo ocidental, e Putin é o símbolo revolucionário que irá contribuir para resgatar o Brasil e conduzir este país para uma transfiguração radical (automática) da sua realidade, seguindo os “amanhãs que cantam” da nova Direita.

Quarta-feira, 8 Dezembro 2021

Eu concordo com Jair Bolsonaro

Filed under: Jair Bolsonaro,liberdade,vacinas — O. Braga @ 11:31 am
Tags:

Quinta-feira, 28 Outubro 2021

O governo do estado de São Paulo parou, para investigar o internamento de Olavo de Carvalho

O internamento de Olavo de Carvalho em um hospital público, na cidade de São Paulo, passou a ser a prioridade maior do governo do estado Paulista — parece que a esquerda brasileira não tem mais nada do que fazer, senão investigar se Olavo de Carvalho “furou a fila” do hospital.

internamento olavo web


“A internação de Olavo de Carvalho, o guru de Bolsonaro, no InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas) segue sendo investigada pela Assembleia Legislativa de São Paulo por causa da suspeita de que ele tenha furado a fila para entrar na instituição, em Agosto.

Na terça (26), o superintendente do complexo do Hospital das Clínicas, António José Rodrigues Pereira, participou de uma audiência para responder oficialmente sobre o assunto pela primeira vez. E negou que tenha havido fraude à fila.

Segundo Pereira, Olavo de Carvalho chegou à instituição de ambulância e, como qualquer outro paciente do SUS (Sistema Único de Saúde), foi internado no InCor. »


O que se está a passar no Brasil, actualmente, é muito triste. Trata-se de uma guerra das elites (judiciárias, políticas e “intelectuais” esquerdistas) contra o povo brasileiro.

Sábado, 18 Setembro 2021

O estado a que chegou o Estado, no Brasil…!

Filed under: Brasil,Jair Bolsonaro — O. Braga @ 7:03 pm

No Brasil, o sistema judicial constitui-se como um governo sombra, em clara oposição política ao actual executivo federal de Jair Messias Bolsonaro. Isto significa que o sistema judicial não é (nem tenta ser) politicamente neutro.

Por exemplo, esta notícia:

justica-brasil-web

“A Justiça Federal do Rio de Janeiro deferiu liminar que proíbe o governo federal de "praticar qualquer acto institucional atentatório à dignidade intelectual" de Paulo Freire. A decisão da juíza Geraldine Vital, da 27ª Vara Federal do Rio de Janeiro, engloba servidores públicos, autoridades e integrantes do actual governo, que serão multados em R$ 50 mil caso não respeitem a ordem.”


Em Portugal temos o Artº 185 do Código Penal (“ofensa à memória de pessoa falecida”), que diz que “quem ofender gravemente a memória de pessoa falecida, é punido com pena de prisão até 6 meses”.

Porém, se a “ofensa” corresponder à verdade dos factos constatados empiricamente, deixa de ser punível.


No Brasil, a decisão de a “ofensa” ser punível (ou não punível), é arbitrária: depende do tribunal e da opinião de um qualquer juiz, por um lado, e de quem profere a putativa “ofensa”, por outro lado.

Se a “ofensa” tiver origem na Direita política, é certo que irá ser censurada discricionariamente pelo sistema judicial — e independentemente de a “ofensa” corresponder à verdade dos factos verificados empiricamente.

Para o sistema judicial brasileiro, não interessa se aquilo que se diz (neste caso) de Paulo Freire é verdadeiro, ou não.

Quando a “justiça” brasileira (protagonizada por juízes esquerdistas e politicamente activistas) pretende censurar qualquer opinião relevante oriunda da Direita, incorre sistematicamente em actos gratuitos, o que revela que o sistema político brasileiro se encontra em roda livre, à espera, quiçá, de uma urgente intervenção militar.

Sexta-feira, 15 Maio 2020

Eu não sei se é uma agenda política (dos me®dia), ou pura estupidez natural

“Todos os dias, depois de engolirem impávidos e serenos tudo o que o poder e a DGS lhes digam ou o contrário, os pobres diabos dos telejornais têm dois pequenos momentos obtusos sobre o Brasil e os EUA. O conteúdo é planeado e escrito por uma combinação de imbecis e chicos-espertos.”

A horinha dos imbecis


Covid-15-5

Sexta-feira, 8 Maio 2020

A mentira sistémica e nojenta dos me®dia portugueses

Se eu fosse jornalista, sentiria uma vergonha profunda pela SISTEMÁTICA manipulação da informação.

Gente como o Miguel Sousa Tavares deveria ter uma pinga de vergonha na cara quando critica o presidente Jair Bolsonaro pela gestão da crise do covid19 no Brasil.

Temos aqui em baixo um gráfico das mortes no Brasil devido a COVID19; e verificamos que “o lindo Portugal do António Costa” (o Portugal dos jornaleiros esquerdopatas portugueses) tem — de longe! — um pior desempenho do que o Brasil de Bolsonaro.

O Brasil tem 43 mortes por milhão de habitantes. Portugal tem o dobro das mortes brasileiras, por milhão de habitantes.

Mentirosos da me®dia!

brasil-covid19-webbrasil-covid19-2-web

Terça-feira, 19 Dezembro 2017

A RTP é uma vergonha paga com o dinheiro do povo português

 

Jair Bolsonaro começa a entrevista à RTP dizendo que é contra qualquer tipo de ditadura; e os filhos-de-puta dos jornaleiros da RTP, pagos principescamente com o nosso dinheiro, publicam uma parangona que induz o leitor incauto em erro.

bolsonaro_rtp_web

%d bloggers like this: