perspectivas

Terça-feira, 29 Maio 2018

Londres, Inglaterra. A polícia política prende por delito de opinião.

 

Uma mulher inglesa, que passava pelo Speakers Corner (Hyde Park) em Londres, chamou a polícia porque os Maomerdas estavam a berrar pelo Alá no Speakers Corner (o que vai contra a lei: não é permitido por lei a realização de cerimónias religiosas no Speakers Corner).

No dia seguinte, logo de manhã, foi presa em sua casa pela polícia política inglesa pelo simples facto de ter apresentado queixa contra os Maomerdas.

 

Anúncios

Sexta-feira, 23 Março 2018

O politicamente correcto diz que “Jesus era gay”; ¿e se fosse o “Alá Gay”?

 

É normal que a Esquerda radical e o grupo LGBT [Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros] diga que “Jesus era gay”, invocando a liberdade de expressão. E os cristãos engolem em seco (que remédio!). ¿E se fosse o “Alá Gay”?

A canadiana Lauren Southern armou uma tenda em uma rua da cidade inglesa de Luton com um cartaz “Alá é gay”. Resultado: a polícia inglesa mandou retirar o cartaz com ameaça de prisão. Mas se fossem cristãos a reclamar o “Jesus é gay”, no pasa nada, hombre!

Domingo, 18 Março 2018

O Marcelinho pode condecorar os Maomerdas todos os dias, que nem por isso representa o povo

 

Vemos nestas imagens de hoje a tentativa dos Maomerdas em calar um cidadão inglês (Tommy Robinson) que falava no Speakers’ Corner, em Londres. Vemos como os Maomerdas, que por enquanto ainda são uma minoria em Inglaterra, se arrogam já no direito de reprimir liberdade de expressão.

Foi esta comandita totalitária que foi condecorada recentemente pelo presidente da Esquerda. Mas a eleição do Marcelinho não lhe permite interpretar a sua eleição “à Lagardère”.

emplastro de lisboa web

Quinta-feira, 20 Abril 2017

A polícia inglesa politicamente correcta (coitadinhu du pretinhu!)

Filed under: Inglaterra,marxismo,marxismo cultural,politicamente correcto — O. Braga @ 12:48 pm

 

Create a free website or blog at WordPress.com.