perspectivas

Quinta-feira, 19 Outubro 2017

Um papa burrinho

Filed under: cardeal Bergoglio,Igreja Anglicana,papa Chico,papa-açorda — O. Braga @ 5:28 pm

 

O Chico é simultaneamente contra o chamado Aquecimento Global Antropogénico, e contra o controlo da população mundial.

Ora, acontece que quem é responsável pela propaganda ideológica do falso Aquecimento Global Antropogénico são os que compõem a aliança estratégica entre a plutocracia globalista e o marxismo internacionalista, por um lado, e por outro lado são os mais ricos do mundo que defendem o controlo da população mundial — porque, ao longo da História, as famílias numerosas sempre amedrontaram os poderosos.

Mas o papa Chico consegue o milagre da negação do princípio da não-contradição. Esse milagre devesse à burrice da criatura: não se trata de perversidade: é burro mesmo!

Quando o Chico chegou ao pontificado, fiz a carta astral dele; e logo naquela altura verifiquei que o sujeito teria a probabilidade de sérias limitações cognitivas. O Chico é um “revolucionário” no sentido modernista, mas Deus não o favoreceu intelectualmente.

O Chico é burrinho.

papa-freak-web

Anúncios

Segunda-feira, 2 Outubro 2017

Estamos perante um Cisma na Igreja Católica

 

cardeal-sarah-webOlhamos para a Igreja Anglicana e verificamos a sua decadência objectiva, após a “ordenação sacerdotal” de mulheres.

Os números da decadência da Igreja Anglicana, após as “mulheres-padres”, falam por si: basta procurarmos no Google. Há coisas que são tão evidentes que até nos cegam; mas não influem nos burros e casmurros como o Frei Bento Domingues: as evidências, para ele, não contam; ou então não sabemos do que pensar das intenções do asno.

Agora, até o Padre Gonçalo Portocarrero de Almada, que eu tinha como alguém de bom-senso e respeitador do senso-comum, alinha com os chiquistas (com os apoiantes do Chico Burrico). A Igreja Católica enfrenta um cisma escondido.

O Cardeal Robert Sarah põe o dedo na ferida: a arma dos cismáticos é o Poder do Silêncio: agem e calam-se  (como fazem os ladrões pela calada da noite), não respondendo a perguntas não só dos fiéis católicos em geral, mas também sonegando respostas às questões colocadas pelo próprio clero católico.

Nunca o Poder no Vaticano foi tão autoritarista como é hoje com o Chiquinho.

O Chico e os seus apaniguados defendem a ideia segundo a qual a mundividência pessoal e particular do Chico deve ser considerada como sendo superior à doutrina (a verdade, os absolutos morais) da Igreja Católica. Mais: segundo os apaniguados cismáticos, a opinião pessoal e subjectiva do Chico deve ser considerada como ensinamento magisterial. Mas simultânea- e contraditoriamente, o Chico e seus acólitos colocam em causa o princípio dogmático da infalibilidade papal.

O Frei Bento Domingues continua a sua saga irracional contra o fenómeno de Fátima. O Frei Bento Domingues não consegue separar a religião, por um lado, da política politiqueira, por outro lado. Para ele, a religião é uma espécie de ideologia política; e, por isso, é impossível dialogar com quem pensa assim.

Create a free website or blog at WordPress.com.