perspectivas

Sexta-feira, 25 Fevereiro 2022

Os idiotas assumiram o Poder político no Ocidente

Filed under: A vida custa,Esta gente vota,Estado — O. Braga @ 9:13 am

Alguém escreveu aqui o seguinte comentário, acerca da invasão da Ucrânia por parte da Rússia de Putin:

“Resultados do nacionalismo, da doutrina estado nação associada ao saudosismo imperial. As sanções são uma basófia porque quem sanciona não se quer prejudicar com isso e as trocas comerciais fundamentais continuam”.


1/ Desde logo, Estado-Nação escreve-se com hífen — porque Estado e Nação  são dois conceitos diferentes. Se queremos criar uma noção que aglutine estes dois conceitos, temos que os ligar mediante um hífen.

2/ “Basófia” escreve-se com “z”. É bazófia.

3/ Do ponto de vista ideológico, o comentário supracitado reflecte uma tendência cultural vigente e maioritária actualmente na União Europeia (e em Portugal), e promovida – nos me®dia — por políticos sem escrúpulos (por exemplo, Durão Barroso), que defende a ideia segundo a qual “o nacionalismo é um fenómeno político nazi e hitleriano” (argumento ad Hitlerum), por um lado, e que “o Estado-Nação é algo de muito negativo para a democracia”, por outro lado.

4/ Não é possível, de uma forma lógica, defender a eliminação do Estado-Nação e, simultaneamente, defender a democracia representativa. É uma contradição insanável.

Ora, aquele idiota que escreveu aquele comentário limita-se a papaguear a cartilha ideológica de políticos sem escrúpulos (como por exemplo o Grande Babush Monhé). É um papagaio.

5/ Finalmente: parece que existem Estados-Nação que são malvados (por exemplo, a Rússia), e outros Estados-Nação que são bonzinhos (por exemplo, a Ucrânia).

Os Estados-Nação que são bonzinhos são aqueles que defendem os interesses comuns da aliança entre a Esquerda Neanderthal e a plutocracia globalista (por exemplo, a Alemanha, que se opôs unilateralmente à expulsão da Rússia do sistema bancário SWIFT); e os Estados-Nação que são malvados são os que confrontam essa aliança entre a Esquerda Neanderthal e os globalistas (por exemplo, a Rússia).

O estado a que as coisas chegaram é o seguinte: os burros, maioritários, assumiram o Poder, a mando de psicopatas sem quaisquer escrúpulos.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: