perspectivas

Sábado, 9 Março 2019

Puta-que-pariu a “igualdade” !

 

Desde há alguns anos tem estado em vigor o Princípio de Peter; hoje vigora o Princípio da Maria.

patriarcado-criminal-web

Em nome de uma estratégia supostamente infalível para promover a “justiça” e a “igualdade”, morreram dezenas de milhões de pessoas em dezenas de revoluções socialistas sempre fracassadas.

O democrata socialista corta as cabeças dos indivíduos, em nome da “igualdade” — porque é a cabeça que faz a desigualdade. O bom socialista que se preze faz da decapitação pública o ritual da missa democrática.

ser-livre-ser-puta-web

Os filhos-de-puta dos políticos esquerdistas que temos confundem (propositadamente) “igualdade” e “identidade” — desde logo recusando a categorização dos seres humanos: reproduzem fielmente as ideias jacobinas de Rousseau, que foi o primeiro a isolar totalmente o indivíduo face a um Estado plenipotenciário.

A “igualdade”, propriamente dita, parte do princípio de que os indivíduos têm uma dignidade ontológica comum; mas em tudo o resto os indivíduos são desiguais — a não ser que os socialistas decapitem a população inteira em nome da “igualdade”.

Igualdade ontológica, por um lado, e justiça, por outro lado, são coisas diferentes. A desigualdade social não é injusta em si mesma: a desigualdade é compatível com a justiça.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: