perspectivas

Terça-feira, 13 Março 2018

Influência de ADN semita em Portugal: no sul são mouros

Filed under: Portugal — O. Braga @ 7:44 pm

 

O Haplogrupo J1 é característica dos povos semitas, ou seja, árabes e/ou judeus. Por exemplo, o fundador do Islão, o Maomerdas, pertence por ADN mitocondrial ao Halogrupo J1.

No norte de Portugal, a influência semita (seja judia e/ou moura) no ADN da população é de 1%; no centro de Portugal passa a ser de 4,9%; e no sul de Portugal é de 7%. Por isso é que nós, aqui no norte, dizemos que “no sul são mouros”.

Haplogroup-J1-P58

Anúncios

2 comentários »

  1. Acabei de saber que a construção gramatical hebraica “ALEPH TAU” é repetida 159 vezes no Antigo Testamento, mas é omitida 158 vezes na tradução grega. Por exemplo, em Zacarias 12:10 “E eles olharão para mim, o ALFA e o OMEGA, a quem eles transpassaram. UAU!
    Fonte
    Chuck Missler Angels a partir de 13’38 até 14’44

    Liked by 1 person

    Comentar por Sandra Sabella — Terça-feira, 13 Março 2018 @ 9:54 pm | Responder

    • Confesso que não dou grande importância ao Antigo Testamento; só me interesso pelo Antigo Testamento na medida em que sirva para ajudar a interpretar o Novo Testamento.

      Gostar

      Comentar por O. Braga — Quarta-feira, 14 Março 2018 @ 3:53 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.