perspectivas

Sexta-feira, 16 Junho 2017

Freud era “surdo” em relação a música

Filed under: A vida custa,Cuidado que esta gente tem opinião! — O. Braga @ 5:47 pm

 

Se Freud vivesse hoje, não saberia distinguir uma música dos Pink Floyd, por um lado, de uma partitura de Bach, por outro lado; ou melhor dizendo, a distinção ser-lhe-ia difusa, imprecisa. Em linguagem popular, “Freud era muito duro de ouvido”.

A sensibilidade à música é uma forma de inteligência — a inteligência musical. Ninguém é perfeito, e Freud faltou-lhe essa forma de inteligência.

De um modo semelhante, ao Ludwig Krippahl falta-se a sensibilidade em relação a Deus que também é uma forma de inteligência — diria eu, a inteligência espiritual.

Falar com o Ludwig Krippahl acerca de “Deus” é a mesma coisa que falar com Freud acerca de música. Pura perda de tempo.

Anúncios

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.