perspectivas

Domingo, 28 Maio 2017

Andrés Torres Queiruga não é herege: é estúpido!

Filed under: Anselmo Borges,Igreja Católica — O. Braga @ 10:15 am

 

Tal como Anselmo Borges, o Queiruga apela ao que mais elementar e instintivo existe no ser humano — e em nome do cristianismo. Seria como se alguém dissesse que “o dinheiro traz felicidade”: há poucos animais pensantes que não concordem com esta proposição.

Sobre Fátima, e tal como Anselmo Borges, o estúpido Queiruga afirmou:

“Acho que aquelas crianças foram sinceras e pensavam que viam a Virgem. Como eram religiosas, inocentes e sensíveis, chegaram a essa convicção. Não mentiam, acreditavam que viam; mas a Virgem não se pode ver. Como também não se pode ver Deus. Ninguém pode dizer que viu o menino Jesus porque ele existiu mas já não existe, apenas Cristo. A Virgem nunca foi uma senhora vestida de branco: foi uma camponesa e uma mulher humilde que seguramente andava descalça. A grandeza estava no seu coração limpo, na sua fé humilde e amorosa, no seguimento do seu Filho, mesmo sem sempre o poder compreender. Não esqueçamos que todo o transcendental está acima do espaço e do tempo.”

Mais uma vez, transporta para a religião o mais básico e elementar que existe na Natureza Humana — para além de induzir o crente em erro, ao colocar em um mesmo plano o conceito de Deus, por um lado, e o de Maria mãe de Jesus Cristo, por outro lado: isto é feito de propósito e revela a estupidez da criatura.

A ideia do estúpido, segundo a qual “Maria andava descalça” é especulação pura; sabemos, por documentação histórica, que era normal o uso de sandálias entre os judeus no tempo de Jesus Cristo e da ocupação romana da Judeia.

Mas o que mais estupidez revela o mentecapto espanhol é a ideia segundo a qual o espírito não se pode revelar senão segundo a imagem terrena e material que assumiu, ou, o que ainda é mais estúpido, a ideia do burro da negação da Ideia e Forma platónicas, Ideia esta que contribuiu para a construção conceptual do Cristianismo: “Ninguém pode dizer que viu o menino Jesus porque ele existiu mas já não existe” — diz a grande besta.

É aquele estúpido que limita o Poder de Deus e de Jesus Cristo, por um lado: é ele (o estúpido) que diz o que Deus pode e não pode fazer.

E por isso, segundo o asno, nem Maria pode aparecer vestida de branco ou de negro, nem sequer Ela pode aparecer porque Ela não existe; e mais: Jesus Cristo não pode assumir a Forma que quiser, porque quem define o conceito do Universo e as suas limitações são os estúpidos Queiruga e Anselmo Borges.

É Deus o Céu, e os dois asnos na Terra. Fariseus.

Anúncios

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.