perspectivas

Quinta-feira, 18 Agosto 2016

O Partido Socialista vai implementar o cagómetro

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 9:09 am
Tags: , ,

 

“O Governo quer que o Fisco passe a ter acesso às contas bancárias de todos os cidadãos, já a partir de 2017, mesmo que estes não sejam suspeitos ou culpados de qualquer delito fiscal. No entanto, a Comissão Nacional de Protecção de Dados considera que, a concretizar-se, esta intenção será ilegal, avança hoje o Jornal de Notícias.”

Fisco quer ter acesso a todas as contas bancários. Comissão diz que é ilegal


cagometro-webO cagómetro é um dispositivo acoplado à sanita que mede a quantidade de vezes que o cidadão evacua em sua própria casa.

No sentido de melhorar a qualidade da alimentação dos portugueses, poupando, ao mesmo tempo, dinheiro em cuidados de saúde (ou seja, para o bem dos portugueses), o governo do Partido Socialista vai tornar obrigatória a instalação de um cagómetro em cada sanita dos lares portugueses.

Conforme o número de membros da família, o cagómetro estabelece a média da cagação familiar e define coimas se essa média ultrapassar as duas vezes por dia. No entanto, esta medida da geringonça está a gerar polémica porque há quem diga que vai começar a cagar no penico e a despejar no quintal do vizinho; e os portugueses que vivem na fronteira com Espanha já dizem que irão cagar a Espanha.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.