perspectivas

Quarta-feira, 2 Março 2016

A Elisabete Rodrigues está na “idade dos porquês”

 

Quando as crianças tem 4 ou 5 anos, entram na “idade dos porquês”.

— “Mãe, por que existem as estrelas?”

e a mãe fica embaraçada, sem saber responder.

— “Ó filho, as estrelas existem porque… existem!”

A Elisabete Rodrigues parece estar nessa fase de crescimento:

“Algumas figuras públicas têm servido de exemplo para esta discussão. A cantora britânica Adele levou recentemente o seu filho vestido de princesa à Disney. Por que não haveria de o fazer?”

Os homens adoram vestir-se de mulher (Elisabete Rodrigues)


Dado que eu defendo que o Estado não tem nada que meter o bedelho na forma como a Adele educa o seu filho, penso que a Adele pode vestir o seu filho de ornitorrinco ou de equidna, se ela quiser. Mas isso não é educar.

A educação é a execução de métodos e procedimentos destinados a assegurar a formação e o desenvolvimento de um ser humano.

Kant escreveu que “o Homem é a única criatura que deve ser educada”, porque, não sendo guiada pelo instinto, deve obter através da cultura o que a Natureza lhe negou.

Segundo Kant, a educação contém dois aspectos: a disciplina e a instrução.

A disciplina é a parte negativa da educação: ela habitua a criança a suportar o constrangimento das leis e das normas, ajudando-a a ultrapassar o seu estado selvagem original.

A instrução é a parte positiva da educação (segundo Kant), porque é a acção de formar e enriquecer o espírito pela transmissão do saber e pelo estudo.

Segundo Hannah Arendt ( “A Crise da Cultura”), a educação das crianças deve ser conservadora, autoritária e protectora, porque as crianças devem ter o seu próprio espaço para crescer sem imposições “progressistas” dos adultos, por forma a serem elas próprias adultas originais no futuro.

Portanto, a Adele não concorda nem com Hannah Arendt nem com Kant. Está no seu direito. Agora só falta convencer a Elisabete Rodrigues a deixar de chuchar no dedo — que chupe um sorvete, por exemplo. Ou isso.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.