perspectivas

Sexta-feira, 19 Fevereiro 2016

Não vamos exagerar na pureza da língua; ou então acabemos com a república

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 10:21 am
Tags: ,

 

Um leitor escreveu-me criticando o facto de eu ter escrito “a juiza”, e não “a juiz”.

Mas se consultarmos os dicionários portugueses segundo a reforma de 1945, já aparece “a juíza”. Eu tenho vários dicionários portugueses (e um brasileiro) com a reforma de 1945, e o feminino de “juiz” já lá está.

O problema é o de saber se devemos voltar ao tempo de antes da reforma de 1911, no tempo em que phoda se escrevia com ph. Eu até concordaria com a obliteração de todas as reformas desde que a república fosse obliterada com elas.

Claro que podemos dizer “senhora doutora juiz” (soa melhor, ao ouvido). Mas a verdade é que, com a reforma de 1945, iniciou-se a destruição da língua portuguesa. E segundo essa reforma, “a juiza” é legal.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.