perspectivas

Sábado, 13 Fevereiro 2016

Para uma mulher pertencer ao governo socialista, basta ter uma vagina no lugar dos miolos

 

“A Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade salientou que os refugiados, "pelas suas características culturais e sociais, têm normalmente mais filhos do que os europeus"

A secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, defendeu hoje que a entrada de refugiados em Portugal vai ajudar a resolver o problema da baixa natalidade no país. "Acreditamos que, para o país, é positivo nós termos pessoas que possam ajudar a renovar a nossa população, que possam trazer outras experiências", afirmou, em declarações à Lusa”.

Catarina Marcelino: refugiados ajudam a resolver problemas de natalidade

isabel moreira_família_web


As redes sociais estão ao rubro com os erros de português da deputada do PS Catarina Marcelino:

catarina-marcelino

Bem diz o ditado português: “quem tem uma vagina, tem uma mina!”

2 comentários »

  1. Rapaz, os europeus estão cada vez mais degenerados e vão ser destruídos pelos muçulmanos, espera só mais 10-15 anos e vai ser o fim desses degenerados e dos porcos homossexuais e pedófilos de Bruxelas!

    Comentar por Nicolae Sofran — Domingo, 14 Fevereiro 2016 @ 9:15 am | Responder

  2. Nada que a esquerda não corrija com mais uma reforma da língua portuguesa.

    Comentar por Eu Mesmo — Domingo, 14 Fevereiro 2016 @ 11:28 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.