perspectivas

Segunda-feira, 28 Dezembro 2015

Em Portugal, quem rouba o patrão não pode ser despedido com justa causa

Filed under: Política — O. Braga @ 6:34 pm
Tags: ,

 

“A empresa Infraestruturas de Portugal terá pago uma indemnização a um trabalhador despedido no âmbito do processo Face Oculta, depois de o Tribunal do Porto ter considerado injustificado o despedimento por justa causa, levado a cabo pela empresa.

A notícia, avançada pelo jornal Público, refere que Abílio Guedes terá prejudicado a Refer, “ao adulterar pesagens de sucata a favor de Manuel Godinho”. Na sequência desse caso, foi condenado mas o Tribunal da Relação do Porto considerou que o seu despedimento não foi por justa causa”.

Empresa despediu trabalhador na sequência do processo mas Relação do Porto deu razão a Abílio Guedes.

(via)

A Justiça está minada. Há que enviar grande parte dos juízes para o Tarrafal.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.