perspectivas

Quarta-feira, 30 Setembro 2015

Alguém que diga a Adriano Moreira que só os refugiados sírios são 12 milhões

 

Depois de termos verificado a doença mental da Inês Pedrosa, constatamos que ela se espalha. Mas antes de mais, vamos a algumas notícias dos últimos dois dias:

Os direitos humanos não exigem que um país — ou um conjunto de países — seja obrigado a abrir as portas a milhões de pessoas. Se uma invasão em massa se justifica através dos direitos humanos, a Declaração Universal dos Direitos Humanos torna-se absurda.

Defender a ideia da acomodação na Europa de mais 12 milhões de muçulmanos é uma irresponsabilidade. Aquela gente vem para ficar. Adriano Moreira está senil: só lhe falta agora defender o “casamento” gay, a adopção de crianças por pares de invertidos, a procriação medicamente assistida para toda a gente, as “barriga de aluguer” e o tráfico de crianças, e votar no Partido Socialista.

1 Comentário »

  1. Sr.Orlando há coisas que me escapam… como é que assistimos a pessoas como Freitas do Amaral a virarem à esquerda, o que aconteceu à direita conservadora portuguesa desde o 25 de Abril até agora?

    Gostar

    Comentar por Eu Mesmo — Sexta-feira, 2 Outubro 2015 @ 9:09 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: