perspectivas

Domingo, 27 Setembro 2015

A diabolização da metonímia

Filed under: filosofia — O. Braga @ 9:00 am
Tags:

 

Alguém colocou o seguinte comentário sobre um verbete que aborda uma opinião de Olavo de Carvalho:

“Olha mais num tipico pensador metonímico de dois neurônios. pró ou contra.

Onde no texto onde o Olavo fala que temos que combater o gayzismo esse panaca não entendeu? Claro que Luiz Mott não se encaixa porque ele não é um mero homossexual, mas um gayzista militante, e quanto aos pedófilos, a pedofilia é crime, ao contrário do homossexualismo entre adultos. Onde ele se refere á pedofilia? Ou foi voce quem introduziu no texto dele?

Putz mas como tem idiotas neste mundo!”

“Pensador metonímico”. ¿O que é um “pensador metonímico”? Desde logo, a metonímia assume, no comentário, um cariz negativo; ¿e por que razão? ¿o que é uma metonímia?

A metonímia é uma figura de retórica que consiste no emprego de uma palavra por outra com a qual se liga por uma relação lógica ou de proximidade. A metonímia baseia-se na analogia.

Ou seja, a metonímia pode estar intimamente ligada à “analogia” — que não é a mesma coisa que “comparação”.

O raciocínio por analogia (indução) não tem em si mesmo um valor formal (matemático); mas a analogia é segundo Platão, “o mais belo de todos os nexos”, e é indispensável à ciência. Sem analogia não há ciência; e a metonímia é a forma de tradução, na linguagem, da analogia. A diabolização da metonímia acaba por traduzir, no limite, uma negação radical da ciência.

4 comentários »

  1. Eu sou um grande admirador de Olavo de Carvalho, inclusive, sou seu aluno e tenho grande parte de seus livros. O que me parece é que a inteligência dos brasileiros está afetada a tal ponto, que, ao contrário do que o próprio Olavo ensina, as pessoas tomam partido de pessoas: as pessoas se tornam valores, por assim dizer. Achei que a realidade concorda com a sua crítica*, Orlando, e, por algumas de suas postagens que já tive a oportunidade de ler, imagino que você também seja um admirador do Olavo. O verdadeiro admirador admira em verdade, não é óbvio? O rapaz mesmo que, suponho, pretende admirar muito o Olavo, lhe critica chamando a pedofilia de “crime”, o que já revela a sua debilidade em entender-te e em admirar, seja lá quem for.

    * Olavo insiste muito nisso: O importante não é se eu concordo com você, mas se a realidade o faz.

    Gosto também de algo que Olavo fala mas que já não se relaciona tanto com as coisas anteriormente ditas: Eu creio em Deus, mas será que Deus crê em mim?

    Gostar

    Comentar por Yogi (@7Anchors1Weight) — Domingo, 27 Setembro 2015 @ 5:47 pm | Responder

  2. Eu sou um grande admirador de Olavo de Carvalho, inclusive sou seu aluno e tenho grande parte de seus livros. O que me parece é que a inteligência dos brasileiros está afetada a tal ponto (também sou brasileiro e sei que, infelizmente, isso se aplica a mim da mesma forma) que, ao contrário do que o próprio Olavo ensina, as pessoas tomam partido de pessoas: as pessoas se tornam valores, por assim dizer. Acho que a realidade concorda com a sua crítica*, Orlando, e, por algumas de suas postagens que já tive a oportunidade de ler, imagino que você também seja um admirador do Olavo. O verdadeiro admirador admira em verdade, não é óbvio? O rapaz mesmo que, suponho, pretende admirar muito o Olavo, lhe critica chamando a pedofilia de “crime”, o que já revela a sua debilidade em entender-te e em admirar, seja lá quem for.

    * Olavo insiste muito nisso: O importante não é se eu concordo com você, mas se a realidade o faz.

    Gosto também de algo que Olavo fala mas que já não se relaciona tanto com as coisas anteriormente ditas: Eu creio em Deus, mas será que Deus crê em mim?

    Gostar

    Comentar por Yogi (@7Anchors1Weight) — Domingo, 27 Setembro 2015 @ 5:52 pm | Responder

    • Daquilo que tenho lido escrito por Olavo de Carvalho, concordo com ele em 99%; mas 99% não é a mesma coisa que 100%.

      Gostar

      Comentar por O. Braga — Domingo, 27 Setembro 2015 @ 6:00 pm | Responder

  3. Eu também sou grande admirador de Olavo desde seus tempos obscuros, quando diziam que ele “espumava de ódio sobre o teclado… (sic)”
    Hoje, Olavo esta transformado num “pop star” com mais fãs que Michael Jackson, sua grande demanda midiática vem lhe consumindo o ser, e transformando sua filosofia num “fast food” ideológico. O comportamento fanático de muitos de seus seguidores tem revigorado a esquerda que andava cambaleante no Brasil até meses atrás; alguém, inclusive, comentou este fenômeno neste blog.
    Orlando Braga não concorda comigo quanto ao Olavo (neste caso), mas nem por isso vamos nos matar. Geralmente na política, quando os homens começam a concordar 100 % entre si, devemos nos apressar a abrir valas para atirar corpos. Assim a História nos tem mostrado.
    Orlando Braga, seus posts sobre Metafísica, cada vez mais raros, estão fazendo falta.

    Gostar

    Comentar por Giovani Marinho — Terça-feira, 29 Setembro 2015 @ 4:25 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: