perspectivas

Domingo, 10 Maio 2015

O Brasil vive fora da lei

Filed under: Política — O. Braga @ 4:33 pm
Tags: , ,

 

Eu não fazia ideia de que a situação política no Brasil tinha chegado a uma degradação de alto coturno; e não sabia, em parte, devido aos me®dia portugueses (com excepção do semanário “O Diabo”) ocultarem tudo do Brasil que seja contra a Dilma Roussef.

Parece, a julgar pelo vídeo abaixo, que a classe política controlada pelo partido de Lula e Dilma cometeram actos ilegais, não só do ponto de vista penal, mas também do ponto de vista constitucional. Mas o acto de impugnação (impeachment) da presidente Dilma depende da classe política, nomeadamente do Congresso; e todos os pedidos de impugnação (requeridos por cidadãos) da presidente Dilma foram arquivados (nem sequer foram analisados ou/e discutidos).

Portanto, parece que há duas Constituições brasileiras: uma, real e legítima; e outra inventada pela classe política controlada pelo partido de Dilma, e levada à prática como tal e à revelia de qualquer legitimação popular.

Na prática, o Brasil vive já em uma ditadura suave, em que as instituições democráticas foram tomadas pelos interesses colectivos da classe política que se separou do povo. Criou-se um vácuo político, em que as instituições políticas deixaram de representar não só o povo, mas sobretudo a lei.

O Brasil vive fora da lei. A Constituição é, de facto, um pró-forma, um documento sem valor.

 

4 comentários »

  1. Sim, você foi ao ponto fundamental: vivemos numa situação fora-da-lei. E notai que os crimes verdadeiramente hediondos ainda não chegaram à grande imprensa. Por exemplo, essa operação da polícia e do ministério público chamada “lava a jato”, começou numa apreensão de drogas num lava a jato num posto de gasolina no estado do Paraná. Daí, a partir do doleiro, que lava o dinheiro dessa droga apreendida, é o mesmo que lava o dinheiro de corrupção da estatal Petrobrás, que criou o caso policia chamado Petrolão, que por sua vez já está condenado alguns judicialmente. E, como sabemos que o PT – partido dos trabalhadores – é ligado às Farc através do Foro de São Paulo, desconfiamos que esses bilhões de dinheiro público roubado também financia o narcotráfico, especialmente ligado à máfia calabresa. Mas, por enquanto, ainda nos divertimos: o vídeo abaixo mostra um pequeno grupo de sulriograndenses expulsando com barulho a presidenta, que descansava em seu apartamento em Porto Alegre, no feriado do dia do trabalho, de volta para a capital federal em Brasília:

    Gostar

    Comentar por Sandra Sabella — Domingo, 10 Maio 2015 @ 7:23 pm | Responder

  2. Eis a prova de que tudo que é ocultado , mais cedo ou mais tarde vem à tona ! E graças a Deus esses escândalos foram descobertos e o povo agora pode ver quem ´PT, Lula , Dilma e seus asseclas.
    Excelente artigo !

    Gostar

    Comentar por vileite — Segunda-feira, 11 Maio 2015 @ 12:48 pm | Responder

  3. Caro Orlando,

    sabe-se lá por que meios acabei me deparando com o seu blog. Percebi que em seus posts sobre a situação atual da política brasileira, há algumas dúvidas a respeito do estado de putrefação institucional do país.

    Sou brasileiro e somente posso dizer que o Sr. tem absoluta razão em desconfiar da deterioração de nosso quadro político. É uma pena que a mídia portuguesa não cubra devidamente os desenvolvimentos da crise brasileira, pois o momento é periclitante. Tem-se a impressão de que o Estado está deterrendo. Apenas o Judiciário funciona mais ou menos adequadamente. Executivo e Legislativo foram tomados por escroques e ladrões. (E este é um dos problemas envolvendo o impeachment, visto que o processo é conduzido pelo Congresso Federal.)

    A operação “Lava-Jato”, responsável pela apuração dos desmandos na Petrobras, é conduzida por um juiz de primeira instância chamado Sérgio Moro. Atualmente, após se chegar a evidências cabais de que Dilma e Lula estão envolvidos até os pescoços na corrupção, a máquina estatal, controlada pelo Partido dos Trabalhadores, está a mover uma massiva campanha de desinformação junto à opinião pública. O objetivo desta estratégia é desqualificar o árduo trabalho dos procuradores, policiais e do juiz Sérgio Moro no âmbito da operação operação Lava-Jato.

    Eu, inclusive, sou estudante de direito e tenho aulas com o dr. Sérgio Moro (docente da Universidade Federal do Paraná). É um sujeito simples, discreto e comprometido com seu ofício. Sua vida se resume a trabalhar e dar aulas. Nada há contra ele que possa ser usado para “melar”(como dizemos por aqui) a operação “Lava-Jato”. Isto deixa os petistas ainda mais enfurecidos. De qualquer forma, o governo afirma que a “Lava-Jato” está promovendo um golpe de Estado. Isto é uma mentira colossal.

    Fico feliz de que alguns portugueses tenham consciência da libertinagem que tomou conta da política brasileira.

    Gostar

    Comentar por Raphael Turra — Terça-feira, 29 Março 2016 @ 2:25 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: