perspectivas

Sexta-feira, 20 Março 2015

"papa Francisco": « Non c’è punizione ma l’annullamento di quell’anima. »

Filed under: Igreja Católica — O. Braga @ 1:19 pm
Tags: , ,

Depois de ter feito  uma entrevista ao “papa Francisco”, o ateu Scalfari vai largando na imprensa o “Bergoglio Leaks”. A última notícia saiu no Repubblica do último fim-de-semana.

Scalfari perguntou ao “papa Francisco”:

“¿O que acontece, depois da morte, à alma que não se converte? ¿Será punida?”

ao que o cardeal Bergoglio respondeu:

“Non c’è punizione ma l’annullamento di quell’anima” (não é punição, mas anulação da alma).

Aqui, “anulação” é sinónimo de “extinção”. O que o papa Bergoglio quer dizer é que a alma não-convertida é extinta, deixa de ser, e deixa o Ser.

scalfariEm primeiro lugar, este conceito de “anulação” é herético. Vai contra a doutrina da Igreja Católica. O papa Bergoglio proferiu uma heresia que provavelmente será aplaudida pelo Frei Bento Domingues e outros que tais. Se o papa Bergoglio pretendia escamotear o conceito de “inferno”, haveria outras formas mais inteligentes de o fazer, por exemplo, através do conceito de “limbo”.

Em segundo lugar, a ideia de “anulação da alma” é panteísmo naturalista  1 ou anda lá muito perto. Pressupõe que a alma (que deveria ser aqui entendida como “espírito”, como é óbvio) morre da mesma forma que o corpo físico morre. O papa Bergoglio supõe que a consciência (humana, neste caso) se extingue. É assim também que pensam os esbirros do “papa Francisco”, como por exemplo o Frei Bento Domingues.

No caso do conceito de inferno, o que o papa Bergoglio poderia dizer sem ser herético, é que o inferno é um símbolo da má consciência que auto-inflige sofrimento ao espírito que não se reconciliou com Deus. O inferno é o estado de espírito daquela consciência que não pode deixar de se ver tal qual é, depois da morte. Temos aqui uma exegese do conceito de inferno que não fere essencialmente a ideia tradicional e histórica de “inferno”.

Mas o pior é a ideia segundo a qual “a alma que não se converte: extingue-se ou é extinta por Deus”. Para quem se diz defensor das periferias terrenas, parece que, para o “papa Francisco”, o conceito de “periferia” não se aplica no Além.

Nota
1. em contraponto aos monismos panteístas orientais, que não são naturalistas

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: