perspectivas

Sexta-feira, 5 Dezembro 2014

Rui Rio também viu o que ninguém viu

Filed under: josé sócrates,Política,politicamente correcto,Portugal — O. Braga @ 5:35 am
Tags:

 

Rui Rio é intelectualmente limitado. É um bom contabilista, mas intelectualmente tapado; e sobretudo não tem uma predisposição natural para aprender porque a sua atitude perante a vida escora-se essencialmente em um sentimento de superioridade que se funda em um complexo de inferioridade. Tal como Cavaco Silva, Rui Rio “raramente se engana e nunca tem dúvidas”. Não há melhor sucessor de Cavaco Silva senão Rui Rio — e por isso é que o José Pacheco Pereira o defende (ou pelo menos nunca o ataca).

A concepção que Rui Rio tem do povo português é a de há vinte anos atrás — o que significa que estamos em presença de um político que pensa que pode dizer uma coisa e o seu contrário sem que o Zé Pagode note a contradição. Aquilo a que hoje se chama “crise do regime” nada mais é do que a inadequação da classe política à realidade — e Rui Rio é um exemplo deste fenómeno.

“Rui Rio declarou-se chocado com o espectáculo mediático. Não lhe ocorreu uma frase sobre a gravidade das suspeitas mas considerou que o espectáculo mediático envergonha a justiça, deixa-a na lama. “Chamaram a comunicação social para a detenção!”, acusou ele.

Eu estou a dar em doido: parece que uma parte substancial da população portuguesa assistiu à detenção de Sócrates.”

Rui Rio ficou chocado

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: