perspectivas

Quarta-feira, 8 Outubro 2014

O Rui Tavares quer os feriados de 5 de Outubro e de 1 de Dezembro sem simbolismo histórico

Filed under: Política,politicamente correcto,Portugal — O. Braga @ 7:51 am
Tags: ,

 

Talvez a maior obsessão da Esquerda é apagar a História; ou, pelo menos, a História que não lhes interessa. Naturalmente que um povo sem passado não tem futuro; e o Rui Tavares sabe disso: o que se pretende é um povo sem futuro, para que uma cáfila de auto-iluminados possa impôr a sua agenda política em nome da “democracia” — ou de um conceito de democracia estafado de Habermas.

O problema é que, na democracia do modelo discursivo de Habermas adoptado por Rui Tavares, os doentes e os mais idosos não falam, e os nascituros também não. E os mortos e a sua história já não têm nenhuma relevância para a cultura: o que tem importância é o narcisismo de uma plêiade de neognósticos com ares de intelectuais de urinol.

Talvez a razão mais importante para combater e derrotar António Costa nas próximas eleições é o conluio que ele tem com esta comandita radical que pretende transformar a sociedade em um eterno presente. Depois da “esquerda caviar”, temos agora a “esquerda Carpe Diem”.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: