perspectivas

Quinta-feira, 7 Agosto 2014

O pânico cultural criado pela ditadura gayzista

 

Um professor americano de língua inglesa foi despedido depois de se ter referido, no seu blogue, às palavras “homófonas”. O dono da escola (privada) alegou que o prefixo “homo” da palavra “homófono” poderia ser confundido com “homófobo”.

“A social media specialist for a Utah language school that teaches English to non-native speakers says he was fired for writing a blog post about homophones—words that sound the same, but carry different meanings—because his boss was afraid readers would think it was about “gay sex.”

Language School Blogger Fired for Writing About Homophones

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: