perspectivas

Quarta-feira, 6 Novembro 2013

O populismo negativo de Durão Barroso

 

durrao barroso e o TC

Existe uma certa lógica política que se baseia na seguinte ideia: se uma sondagem de opinião, provavelmente manipulada pelos me®dia, demonstrar que a maioria do povo é contra a Constituição, então segue-se que o Tribunal Constitucional deve fazer vista grossa em relação às medidas inconstitucionais do governo do Pernalonga, e anular de facto o texto constitucional.

É neste contexto ideológico que se interpreta a pressão política do burocrata europeísta Durão Barroso sobre o Tribunal Constitucional. Eu sou a favor dos referendos, mas o que Durão Barroso defende aqui não é um referendo: é, em vez disso, a manipulação da opinião pública.

Eu sou de opinião que se deveria referendar a Constituição; ou melhor: deveria fazer-se um plebiscito sobre uma eventual nova versão da Constituição. Mas não é isso que está implícito nas declarações do burocrata Durão Barroso: o que ele pretende é um golpe-de-estado constitucional a reboque de uma putativa tendência da opinião pública disciplinada através de uma argumentação ad Baculum. Estamos em presença de um populismo negativo.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: