perspectivas

Quinta-feira, 12 Setembro 2013

Foi só garganta

Filed under: economia — O. Braga @ 10:32 am
Tags: ,

«Há cerca de dois anos, no final de Novembro, a empresa que assessorava a comunicação da CTG prometeu “instalar [uma] fábrica de turbinas eólicas em Portugal até ao Verão de 2013” que, relembra hoje o Jornal de Negócios, teria um volume anual de exportações superior a 500 milhões de euros, produzindo 800 turbinas por ano.

Acontece que o Verão de 2013 está quase a terminar e, segundo soube o Jornal de Negócios, a promessa caiu por terra devido ao excesso de capacidade de fabrico de turbinas eólicas, e isto apesar de ser uma das contrapartidas que a CTG incluiu na proposta escrita de compra de 21,35% da EDP.»

Empresas Fábrica prometida pela China Three Gorges cai por terra

Temos em Portugal um monopólio privado na área da produção de energia e da sua distribuição, já que o mercado ibérico de energia só funciona (e mal) para as grandes empresas. E sejamos claros: entre um monopólio privado e um monopólio do Estado, prefiro o último.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: