perspectivas

Quarta-feira, 14 Agosto 2013

A classe política transformou a língua portuguesa em dialecto

cagado-na-praia-480-web.jpg

Imagem tirada do FaceBook

Alguém escreveu, no FaceBook, o seguinte: “Eu aprendi uma regra que dizia que todas as palavras esdrúxulas eram acentuadas”; ao que eu respondi: “A regra, agora, é a de que se deve escrever conforme se fala. Ou seja, a regra é subjectiva. A língua portuguesa transformou-se numa língua subjectiva, o que significa que passou a ser um dialecto”.

A descendência da classe política da III república será amaldiçoada; terá vergonha de ter herdado o seu nome. Transportará consigo o ónus de descender de criminosos lesa-pátria, porque este Acordo Ortográfico é um ataque feroz e soez à cultura; e um ataque desta índole é um crime contra um povo, uma tentativa de etnocídio.

Anseio pelo dia de ver sentados, no banco dos réus, os principais figurões do regime. E mesmo que não estejam vivos e/ou presentes, que sejam condenados à revelia; e mesmo que não sejam encarcerados, que fique para a História o exemplo da condenação, para que a vergonha dos descendentes ontológicos de Miguel de Vasconcelos não se extinga.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: